• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Santos desafia Flamengo em meio à turbulência na tabela e busca por novo técnico

  • COMPARTILHE
Esportes

Santos desafia Flamengo em meio à turbulência na tabela e busca por novo técnico

À espera de um novo treinador, o Santos vai entrar em campo às 21h45 desta quarta-feira, na Vila Belmiro, em Santos, dois dias depois da demissão de Jair Ventura e ameaçado pela proximidade da zona da rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Para piorar, o adversário na 15ª rodada do torneio será o Flamengo, que lidera a competição com 30 pontos.

Apesar de ter feito uma partida a menos no Brasileirão, porque o duelo contra o Vasco pela terceira rodada foi adiado e não tem previsão para quando vai acontecer, o Santos tem a metade dos pontos do Flamengo e só um a mais do que o América-MG. O time mineiro é o atual 17º colocado no torneio e, por enquanto, o melhor entre os times que estariam sendo rebaixados.

Em 15º lugar, o Santos será comandado contra o Flamengo, de forma interina, por Serginho Chulapa, que trabalha de auxiliar na comissão técnica permanente do clube e sempre declarou não ter pretensão de ser efetivado no cargo. O ex-jogador não poderá contar na partida com o zagueiro David Braz e o meia Jean Mota, suspensos, mas deve ganhar o reforço de Rodrygo, desfalque na rodada anterior porque sentia dores no joelho, e com certeza terá Alison, que cumpriu gancho por acúmulo de cartões.

Titular na maior parte de 2018, Lucas Veríssimo deve voltar à zaga titular, após período afastado por causa de negociação de venda para o Torino, que acabou não sendo concretizada. Assim, deve atuar ao lado de Gustavo Henrique, Victor Ferraz e Dodô na linha defensiva, embora o lateral-direito tenha se tornado dúvida por causa de dores musculares, podendo ser substituído por Daniel Guedes.

Alison é um titular certo na posição de volante, enquanto Diego Pituca deve ser mantido no time. Para jogar à frente da dupla, Chulapa treinou a equipe, nesta terça-feira, com um quarteto de atacantes: Rodrygo, Bruno Henrique, Gabigol e Eduardo Sasha. O esquema foi utilizado por Jair Ventura algumas vezes e deixa de fora Vecchio, o único meia do elenco disponível para a partida, uma vez que Vitor Bueno, está em negociação para ser emprestado para o Dínamo de Kiev.

Reforços anunciados nas últimas semanas, os meio-campistas Bryan Ruiz e Carlos Sánchez ainda não têm previsão de estreia. O costarriquenho já trabalhou no CT Rei Pelé nesta terça-feira, mas fez apenas exercícios físicos, enquanto o uruguaio foi apresentado, mas retornou ao seu país e vai se juntar ao elenco santista apenas na próxima segunda-feira.