• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Santos deve apostar em estrangeiros para se recuperar no Brasileirão

Esportes

Santos deve apostar em estrangeiros para se recuperar no Brasileirão

As apostas do Santos para se recuperar no Campeonato Brasileiro e ir longe na Copa do Brasil e na Libertadores vêm do exterior e, em sua maior parte, da Copa do Mundo. Após se reforçar com o meia costarriquenho Bryan Ruiz, o clube está perto de contratar o volante uruguaio Carlos Sánchez, em negociações elogiadas por Alison, que já ganhou um companheiro estrangeiro e pode receber outro na Vila Belmiro nos próximos dias.

Bryan Ruiz recebeu a camisa 10 do Santos em sua apresentação oficial e deve ficar com a vaga que vinha sendo exercida por Jean Mota nos compromissos mais recentes do clube. "Vejo com bons olhos, é mais um reforço que chega. E espero que ele possa se adaptar o mais rápido possível. Vai ser bom", afirmou Alison em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Até agora, Bryan Ruiz foi o único reforço anunciado pelo Santos após a pausa do Brasileirão, torneio em que está na 15ª posição, com somente um ponto de vantagem para a zona de rebaixamento. O time também está classificado às oitavas de final da Libertadores e às quartas de final da Copa do Brasil.

O time, porém, negocia a chegada do volante Carlos Sánchez, que está no mexicano Monterrey. E Alison elogia a possibilidade de o Santos contratá-lo. "Caso aconteça, é algo bom para o Santos. Essa competição pela posição é importante para os jogadores, comissão técnica e Santos. Quanto mais reforços vierem, melhor. Quem vier vai ser bem-vindo".

A contratação de Sánchez deve aumentar a disputa por uma vaga no meio-campo santista, situação que não assusta Alison. Para ele, isso trará benefícios ao clube. "Isso é importante para o jogador e para quem não está jogando, para não se acomodar. Para quem está jogando é uma motivação. É interessante ter essa disputa por posição", concluiu.

Outro estrangeiro na mira do Santos é o atacante Derlis González. O paraguaio, do Dínamo de Kiev, participou das edições de 2015, quando marcou um gol contra o Brasil, e 2016 da Copa América pela sua seleção nacional.