• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Santos diz ter nomes para lugar de Jair Ventura e descarta técnico estrangeiro

  • COMPARTILHE
Esportes

Santos diz ter nomes para lugar de Jair Ventura e descarta técnico estrangeiro

O novo técnico do Santos ainda não está definido, mas as opções se resumem a dois nomes e ambos são brasileiros.


O novo técnico do Santos ainda não está definido, mas as opções se resumem a dois nomes e ambos são brasileiros. Foi o que indicou, nesta segunda-feira, Ricardo Gomes, o executivo de futebol do clube, em entrevista coletiva concedida horas após a demissão de Jair Ventura, no CT Rei Pelé.

"Tenho dois nomes e são dois brasileiros. Estes que você citou podem assumir qualquer time no mundo. O que vale a pena é encontrar um treinador com identidade", disse Ricardo Gomes, que, porém, evitou comentar sobre qualquer profissional, embora tenha sido questionado sobre nomes como Zé Ricardo, Abel Braga, Cuca, Dorival Júnior e Vanderlei Luxemburgo.

Também presente na entrevista coletiva, o presidente José Carlos Peres explicou que o Santos não tem interesse nesse momento na contratação de um treinador estrangeiro por considerar que um profissional de fora do País precisaria de um bom tempo para se adaptar à função, o que ele considera inviável porque as competições da temporada já estão em disputa.

"Se fosse o fim de uma temporada, poderia ser uma boa pedida um treinador estrangeiro", justificou Peres, lembrando que o Santos está envolvido na Copa do Brasil e na Libertadores, além de estar próximo da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

E embora não tenha detalhado o estilo do treinador desejado, Ricardo Gomes reconheceu que o Santos sempre tem a tendência de apostar em técnicos que escalam equipes ofensivas. "Queremos um treinador competente, que tenha as exigências já citadas, que corresponda com resultados. No Brasil, a leitura é jogo após jogo", comentou o dirigente.

Contratado em janeiro, Jair Ventura foi demitido do comando do Santos nestas segunda-feira, no dia seguinte ao empate, por 0 a 0, com a Chapecoense, o segundo consecutivo do time no Brasileirão, desempenho que o deixa apenas na 15ª posição, com 15 pontos. A equipe voltará a jogar na quarta-feira, quando receberá o Flamengo na Vila Belmiro e vai ser comandado interinamente por Serginho Chulapa.