• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Sem vencer há 5 jogos, Sport sonha bater líder Flamengo no Maracanã

Esportes

Sem vencer há 5 jogos, Sport sonha bater líder Flamengo no Maracanã

A crise apertou de vez no Sport. Com três derrotas consecutivas, despencou na classificação e já começa a receber as críticas da torcida. Contando o período antes da parada para a Copa do Mundo, o clube completou cinco jogos sem vencer na derrota por 1 a 0 para o Vitória, em Salvador (BA). Para piorar a situação do técnico Claudinei Oliveira, o jogo deste domingo será contra o líder Flamengo no Maracanã, às 16 horas, e com previsão de casa cheia.

"Não devemos aceitar esse momento. É hora de colocar a cabeça no travesseiro, analisar os erros e seguir em frente. Temos condições de, mesmo no Rio de Janeiro, conquistar os três pontos", afirma Claudinei Oliveira, em tom otimista.

Sem tempo para treinar, a delegação permaneceu em na capital baiana na quinta-feira e fez um trabalho regenerativo no estádio Pituaçu. Apenas de noite viajou para o Rio de Janeiro. Só Rogério não seguiu com o restante do grupo para a Cidade Maravilhosa. O atacante sentiu um desconforto ainda no primeiro tempo do jogo e foi diagnosticado com um estiramento na região posterior da coxa esquerda. Ele voltou a Recife para se recuperar. Marlone e Carlos Henrique brigam pela posição do camisa 30, mas o substituto deve ser definido apenas antes da partida.

Outro que, em princípio, não teria condição de jogo é o meia Gabriel, que pertence ao Flamengo e está emprestado ao Sport. A diretoria, na sexta-feira, confirmou não existir nenhum acordo de cavalheiros para o jogador não atuar. A lei permite a sua utilização, confirmada neste momento delicado que o time vive no campeonato.

Além deles, os zagueiros Ernando e Durval ainda se recuperam de lesão e o atacante Everton Felipe está treinando em separado, aguardando para ser negociado - São Paulo e o próprio Flamengo estão interessados nele.

"Nós nos colocamos nessa situação. Cabe agora a nós mesmos tirarmos o Sport disso", repetiu Claudinei Oliveira desde após a última derrota. Com os últimos tropeços, o clube segue com 19 pontos, porém, na parte debaixo da tabela. Perdeu fora por 1 a 0 para Ceará e Vitória e, em casa, para o Fluminense por 2 a 1.