• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vergne chega em 5º em Nova York e é campeão da Fórmula E; Di Grassi vence a prova

Esportes

Vergne chega em 5º em Nova York e é campeão da Fórmula E; Di Grassi vence a prova

Jean-Eric Vergne é o mais novo campeão da Fórmula E. O piloto francês, da equipe Techeetah, fez uma corrida de recuperação neste sábado, na primeira prova da etapa de Nova York, pulando da 18ª colocação para cruzar a linha de chegada no quinto lugar e garantir o título desta temporada.

Ao chegar em quinto, Vergne abriu 31 pontos de diferença em relação ao inglês Sam Bird, segundo colocado no campeonato e único piloto que poderia "roubar" o título do francês que chegou à sua primeira conquista na categoria dos carros elétricos.

O brasileiro Lucas Di Grassi foi o vencedor da corrida no circuito de rua em solo norte-americano, próximo à Estátua da Liberdade. O piloto da Audi Sport largou na 11ª posição, foi acumulando ultrapassagens e chegou à segunda posição da parada nos boxes. Na 24ª das 43 voltas, o brasileiro superou Daniel Abt, companheiro de equipe, e suportou a pressão do alemão para vencer a prova. Foi a segunda vitória seguida do brasileiro na temporada e o sexto pódio consecutivo.

O suíço Sébastien Buemi, da Renault, que largou na pole position e liderou a corrida até a sexta volta, terminou em terceiro e completou o pódio. Tom Dillmann, da Venturi, foi o quarto, logo à frente do novo campeão Vergne.

Na sequência, Nick Heidfeld, da Mahindra, Andre Lotterer, da Techeetah, Maro Engel, da Venturi, Sam Bird, da DS Virgin, e Nicolas Prost, da Renault E.Dams, completaram os dez primeiros colocados.

Quando ocupava o quinto lugar, Nelsinho Piquet teve de abandonar a corrida após ter problemas com o carro da Jaguar na saída dos boxes. Ele largou em sexto e chegou a ser terceiro em determinado momento.

A primeira bateria da etapa norte-americana ainda contou com a entrada do Safety Car na 36ª volta da prova. Alex Lynn bateu forte com seu carro da DS Virgin contra a barreira de proteção. O acidente provocou o final da corrida pelo limite de uma hora de disputa, e não pelas 45 voltas programadas inicialmente.

A rodada dupla da etapa de Nova York será encerrada neste domingo. A largada está prevista para as 16 horas (de Brasília). Mais cedo, ocorrem o treino livre e a sessão classificatória.