Atlético-MG conta com gols contra e vence Atlético-PR

Esportes

Atlético-MG conta com gols contra e vence Atlético-PR

Redação Folha Vitória

Belo Horizonte - O Atlético Mineiro venceu o Atlético-PR, por 3 a 1, com um gol "sem querer" e dois contra, na tarde deste domingo, no Independência, em partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Durante a partida, o técnico Levir Culpi chegou a ser vaiado e chamado de "burro" pela torcida ao retirar o atacante Jô de campo. Na sequência, dois gols contra fizeram jus ao livro lançado pelo treinador há um mês. A autobiografia do treinador tem como título "Um burro com sorte". Com a vitória, o time mineiro permanece na 11ª posição, com 18 pontos.

Na primeira partida após a despedida de Ronaldinho Gaúcho, o Atlético-MG abriu o placar com um gol em um lance inusitado. A jogada aconteceu aos 34 do primeiro tempo, quando o zagueiro Leonardo Silva recebeu um arremesso lateral de Marcos Rocha e, dentro da área, de cabeça, marcou seu primeiro gol no Brasileirão encobrindo o goleiro Santos.

O próprio jogador garantiu que a não teve intenção ao executar a jogada. "Eu tentei jogar a bola para dentro da área, que é uma jogada característica nossa. Mas o gol estava perto, Deus abençoou e a bola acabou entrando", comemorou.

Apesar de não fazer mudanças, o Atlético-PR voltou melhor para o segundo tempo e empatou aos 10 minutos da segunda etapa. O meia Marcos Guilherme chutou de longe contra a meta de Victor e a bola entrou no cantinho. O técnico Levir Culpi resolveu, então, mudar o esquema de jogo. Substituiu o armador Guilherme pelo velocista Luan e tirou o atacante Jô para entrada do meia argentino Dátolo.

A torcida vaiou e chamou o treinador de "burro", mas alteração deu resultado. Aos 30 minutos, em sua primeira participação, Dátolo tocou para Luan em velocidade, que cruzou na área. O zagueiro Léo Pereira tentou tirar e fez contra. Aos 41, em cobrança de escanteio, o volante Deivid chutou contra a própria meta, encobrindo o goleiro, num lance bizarro.

Na quarta-feira o time mineiro volta vai à Arena Condá, onde enfrenta a Chapecoense, às 21 horas, em partida adiada da 10.ª rodada do Brasileirão. No domingo que vem, o Atlético-PR recebe o Botafogo na Arena da Baixada, às 16 horas.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG 3 X 1 ATLÉTICO-PR

ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Emmerson Conceição; Leandro Donizete, Pierre, Guilherme (Luan), Maicosuel e Diego Tardelli; Jô (Dátolo). Técnico - Levir Culpi.

ATLÉTICO-PR - Santos; Sueliton, Cleberson, Léo Pereira e Natanael; Deivid, João Paulo e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho, Marcelo (Bruno Furlan) e Cléo (Dellatorre). Técnico - Doriva.

GOLS - Leonardo Silva, aos 34 minutos do primeiro tempo; Marcos Guilherme, aos 10, Léo Pereira (contra), aos 30, e Deivid (contra), aos 41 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Dewson Fernando Freitas Silva (PA).

CARTÕES AMARELOS - Pierre (Atlético-MG); Sueliton, Cléo e Cleberson (Atlético-PR).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).