Aos 53 anos, campeão olímpico Joaquim Cruz vai correr o Parapan como guia

Esportes

Aos 53 anos, campeão olímpico Joaquim Cruz vai correr o Parapan como guia

O campeão olímpico dos 800 metros decidiu correr o Parapan-Americanos porque dois guias norte-americanos tiveram problemas na emissão de passaportes

Redação Folha Vitória
Joaquim é o único campeão olímpico do atletismo brasileiro Foto: Estadão Conteúdo

Um dos maiores atletas da história do Brasil está em Toronto e vai participar dos Jogos Parapan-Americanos, que tiveram cerimônia de abertura realizada na sexta-feira à noite. Único campeão olímpico do atletismo brasileiro em provas de pista, Joaquim Cruz será guia de uma norte-americana com deficiência visual.

Aos 52 anos, Joaquim Cruz decidiu correr o Parapan porque dois guias norte-americanos tiveram problemas na emissão de passaportes. O campeão olímpico dos 800 metros nos Jogos de Los Angeles, em 1984, nunca parou de correr. Mantém a boa forma e decidiu se arriscar numa nova empreitada, para ajudar sua atleta Ivonne Mosquera-Schmidt nos 1.500m.

"Como sou um treinador dinâmico, nunca mando meu atleta para casa se o guia dele falta. Eu prefiro eu mesmo guiá-los. Fiz isso com o David Brown (prata nos 400m no Mundial Paralímpico de 2013) e a Ivone faço de vez em quando, quando precisa", afirmou Joaquim Cruz.

O veterano, entretanto, é mais rápido que Ivonne e não precisará de grande esforço para competir em Toronto. "O fato de eu ter mantido minha forma, de ter mantido minhas corridas diárias, ajuda. E o ritmo da Ivone é um pouquinho mais macio, mais lento do que posso fazer, ou pelo menos assim espero", brincou. "É complicado, porque o objetivo é fazer com que ela fique mais rápida e, ao mesmo lado, como guia, tomara que ela não vá muito mais rápido do que posso guiar."