• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Clezar bate Almagro em maior vitória da carreira e fica perto da chave do US Open

Esportes

Clezar bate Almagro em maior vitória da carreira e fica perto da chave do US Open

Nova York - O brasileiro Guilherme Clezar conquistou nesta quinta-feira a maior vitória de sua carreira. Pela segunda rodada do qualifying do US Open, o atual 168º do ranking surpreendeu o espanhol Nicolás Almagro, ex-Top 10, e avançou na disputa, ficando a apenas um triunfo da chave principal do quarto e último Grand Slam da temporada.

Em duelo de dois especialistas de saibro, Clezar se saiu melhor no fundo de quadra e venceu o confronto por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (9/7), 4/6 e 6/4. O brasileiro mostrou consistência ao longo de toda a partida, cometendo apenas três erros não forçados. Também se destacou no saque, com 14 aces.

Com o resultado, Clezar se garantiu na terceira rodada do qualifying. Seu próximo adversário será o australiano John-Patrick Smith, 18º cabeça de chave na disputa. Se vencer, o brasileiro entrará na chave principal de um Grand Slam pela primeira vez na carreira.

Até então o melhor resultado do tenista do Brasil em um Slam havia acontecido na edição deste ano de Roland Garros. No saibro de Paris, avançou até a terceira rodada do quali, como fez agora no US Open.

Ainda tentando se estabelecer no circuito profissional, o tenista de 22 anos se divide entre torneios de nível Challenger e competições da ATP, das quais disputa as fases de qualifying. Clezar tem como principais conquistas da carreira os títulos do Challenger de Campinas, em 2013, e do Rio Quente, em 2012. Foi ainda vice do Challenger de Santiago, neste ano, e do ATP Challenger Finals, em 2014.

Almagro, por sua vez, tentará se recuperar para a sequência da temporada. O espanhol, que já foi o número nove do mundo, figura apenas na 111ª posição do ranking. O tenista de 30 anos busca recuperar sua melhor forma técnica após sofrer com lesões nas últimas duas temporadas.