Lateral corintiano Uendel admite toque na mão, mas não sabe se fez pênalti

Esportes

Lateral corintiano Uendel admite toque na mão, mas não sabe se fez pênalti

Redação Folha Vitória

São Paulo - Protagonista do lance mais polêmico do empate por 1 a 1 entre São Paulo e Corinthians, neste domingo, no estádio do Morumbi, o lateral-esquerdo Uendel admite que a bola bateu em sua mão no chute em que os são-paulinos reclamam de pênalti, mas o corintiano nega que tenha sido intencional. "Foi um lance rápido. Acho que deixei minha mão na frente do corpo. Dei uma girada, pelo que me lembro, e não sei se o braço abriu muito. Foi um lance bastante rápido e um chute forte. Foi um lance bem polêmico", analisou.

Após o chute de Wesley e o desvio de Uendel, os jogadores do São Paulo demonstraram muito nervosismo e participaram para cima do trio de arbitragem. "A pressão foi grande, mas o (Leandro Pedro) Vuaden estava bem convicto. Acho que ele teve a mesma percepção que a minha e que foi mais intuição do que eu quis tirar a bola, já que o Cássio estava na jogada. A bola bateu na mão, não escondo, ainda não vi o lance para dizer se foi pênalti ou não", desconversou o jogador corintiano.

Logo após a partida, o técnico Tite também preferiu se esquivar sobre a marcação da penalidade e disse que precisaria ver a imagem na televisão para ter uma opinião formada. "Esperei para ver se eu conseguiria ver o lance, mas não tive internet aqui. Vou olhar e falo depois", prometeu.

Em relação ao resultado da partida, o lateral disse que, pelos outros placares da rodada, o empate acabou sendo bom para o Corinthians. "A gente avalia o jogo rodada a rodada. Ficamos sabendo dos resultados, então não foi tão ruim um empate aqui, né? Porque todo mundo que estava lá em cima não venceu. O Atlético Mineiro empatando com o Goiás (0 a 0) a gente se aproximou. Se o Atlético tivesse ganho, aí sim iríamos lamentar" analisou o lateral, mostrando estar por dentro do que aconteceu na rodada.

O elenco do Corinthians se reapresenta na manhã desta segunda-feira e na quarta enfrenta o Sport, no estádio Itaquerão, em um jogo contra um adversário direto pelas primeiras colocações. O time alvinegro chegou aos 34 pontos, quatro a mais que o adversário pernambucano, que empatou fora de casa com o Atlético Paranaense.