Aos 75 anos, morre o ex-presidente do Santos Samir Jorge Abdul-Hak

Esportes

Aos 75 anos, morre o ex-presidente do Santos Samir Jorge Abdul-Hak

Redação Folha Vitória

Santos - Morreu na tarde desta segunda-feira o ex-presidente do Santos Samir Jorge Abdul-Hak, aos 75 anos. O dirigente estava internado há pouco mais de uma semana no hospital Guilherme Álvaro, em Santos, por causa de um câncer.

Abdul-Hak comandou o clube alvinegro entre 1994 e 1998. Foi o responsável pelo início da construção do Centro de Treinamento Rei Pelé e esteve à frente do clube na conquista dos títulos do Torneio Rio-São Paulo de 1997 e da Copa Conmebol de 1998.

O Santos emitiu comunicado lamentando a morte do presidente. "O Santos FC lamenta o falecimento do seu ex-presidente Samir Jorge Abdul-Hak, que tinha 75 anos. Ele foi presidente de 1994 a 1999. O Clube decretou luto oficial de três dias".

A morte do dirigente acontece 13 dias após o falecimento de outro presidente do clube. Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, que comandou o Santos entre 2009 e 2014, morreu em 16 de agosto, aos 73 anos, por causa de um tumor no reto.

Laor, inclusive, teve a passagem encurtada à frente do time alvinegro. Em 2013, ele precisou se afastar do cargo, renunciando posteriormente ao comando do clube paulista. Nos últimos anos, enfrentou problemas cardíacos e pulmonares, além de ter retirado parte do intestino por causa de um quadro de colite e ter uma pancreatite. Na madrugada desta terça, ele faleceu em São Paulo.

TIME - De folga nesta segunda-feira após a derrota para o Figueirense por 1 a 0, no último domingo, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro, o Santos só volta a campo no próximo dia 7 de setembro contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 23.ª rodada.