• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chefe da Mercedes vê disputa aberta e diz que Rosberg pode superar Hamilton

Esportes

Chefe da Mercedes vê disputa aberta e diz que Rosberg pode superar Hamilton

Brackley - Uma impressionante sequência de quatro vitórias colocou o inglês Lewis Hamilton na liderança da temporada 2016 da Fórmula 1 e com uma vantagem de 18 pontos para o segundo colocado, o alemão Nico Rosberg, antes da tradicional pausa do verão europeu na Fórmula 1. Chefe da equipe Mercedes, Toto Wolff garante, porém, que a disputa entre os seus pilotos pelo título mundial ainda está aberta.

"Estamos no meio caminho da temporada de 2016 e apenas 19 pontos separam ambos. Isso é menos do que uma vitória e Nico é excelente nos treinos de classificação. Assim, ambos estão no mesmo nível", afirmou o dirigente em entrevista ao site oficial da Fórmula 1, descartando a possibilidade de o efeito psicológico de estar em desvantagem possa afetar o desempenho de Robsberg.

Com a luta pelas vitórias praticamente se resumindo aos pilotos da Mercedes, as disputas por posições entre Hamilton e Rosberg e, principalmente, alguns acidentes entre eles acabaram sendo os momentos mais marcantes da primeira metade da temporada. Wolff, porém, reiterou que se esses incidentes se repetirem, os pilotos serão punidos.

"Se eles fizerem contato novamente de modo que nós julgarmos que um ou ambos os pilotos foram responsáveis por ele, jogando fora o trabalho de 1.500 pessoas e arriscando a reputação de uma grande marca, então vamos agir e ambos os pilotos sabem disso", disse.

Se a disputa pelo título de pilotos está indefinida, a Mercedes se encaminha para faturar mais uma vez o Mundial de Construtores, afinal, soma 415 pontos, contra os 256 da Red Bull, a segunda colocada. Wolff, porém, adota o discurso de que nada ainda está definido.

"Eu não estou ciente de que recebemos o troféu pelo título de construtores ainda, por isso vamos voltar mais nove vezes. Somos pessoas céticas e acredito que você não ganhou até que esteja definido matematicamente. Nem um único dia mais cedo", afirmou.

Após a pausa do verão europeu, a temporada 2016 da Fórmula 1 vai ser retomada em 28 de agosto, com a disputa do GP da Bélgica, a 13ª das 21 provas do campeonato.