Léo Oliveira é efetivado no comando da Desportiva Ferroviária para a Copa ES

Esportes

Léo Oliveira é efetivado no comando da Desportiva Ferroviária para a Copa ES

Depois de conquistar duas vitórias em dois jogos, o ídolo recente do clube foi efetivado como técnico da Tiva até o fim da Copa Espírito Santo 2016

Dentro de campo, Léo Oliveira conquistou muitos títulos e demonstrou toda a sua categoria com a camisa 10, ganhando o apelido de Maestro e um bandeirão da torcida grená Foto: Henrique Montovanelli/Desportiva ​

A bonita história de Léo Oliveira na Desportiva Ferroviária ganhou mais um capítulo na última quarta-feira (10). Depois de conquistar duas vitórias em dois jogos, o ídolo recente do clube foi efetivado como técnico da Tiva até o fim da Copa Espírito Santo 2016.

Dentro de campo, Léo Oliveira conquistou muitos títulos e demonstrou toda a sua categoria com a camisa 10, ganhando o apelido de Maestro e um bandeirão da torcida grená, que o reverencia em todos os jogos até hoje. Após a sua aposentadoria, foi auxiliar técnico de Mauro Soares, Erich Bomfim e Fabiano Rossato, nos últimos dois anos. Como técnico interino, ele comandou o time nas vitórias contra o Serra, por 2 a 0, e contra o Atlético Itapemirim, por 1 a 0, no último sábado, fora de casa.

“Léo Oliveira é um ídolo desse clube e mostrou que tem competência para comandar o time. Gostamos muito do trabalho dele nesses dois jogos, em duas vitórias importantes, e sabemos que os atletas também gostam muito dele. Então, confiamos muito no Léo Oliveira e resolvemos dar essa oportunidade para ele trabalhar, de maneira efetiva, durante a Copa Espírito Santo”, explica o vice de futebol, Armando Zanata.  

Em dezembro de 2015, Léo Oliveira concluiu o curso Soccer Science, em Minas Gerais, e em junho deste ano fez uma semana de estágio no Fluminense-RJ, assistindo a treinos do profissional e acompanhando de perto o trabalho realizado na base do clube carioca. Aos 36 anos, o Maestro se diz preparado para a nova fase na sua história no clube.

“Quando iniciei o trabalho na Copa Espírito Santo eu conversei com os jogadores e disse o quanto seria difícil. Sendo interino, se eu perdesse as duas partidas eu não estaria aqui, o que seria normal. Como treinador eu continuo com a mesma confiança, vou continuar trabalhando com os atletas para manter essa sequência de vitórias. Por mais que eu esperava essa oportunidade, ela veio um pouco mais rápido do que eu imaginava, estou procurando fazer uns trabalhos fora do campo, estudar um pouco e juntar a teoria com a prática que eu tenho. Fui auxiliar de três treinadores e aprendi muito com eles”, afirma o Maestro.

Léo Oliveira comanda a equipe como técnico efetivado pela primeira vez contra Vilavelhense, neste sábado (13), às 16h, na Arena Unimed Sicoob, em Cariacica, na quarta rodada da Copa ES. Com seis pontos, a Desportiva Ferroviária divide a liderança da Chave Centro-Sul com o Vitória.