Apesar do bom desempenho, Bottas revela ter futuro indefinido na Mercedes

Esportes

Apesar do bom desempenho, Bottas revela ter futuro indefinido na Mercedes

Redação Folha Vitória

Spa, Bélgica - O finlandês Valtteri Bottas revelou nesta quinta-feira em Spa, onde disputará o GP da Bélgica de Fórmula 1 no fim de semana, que ainda não acertou o seu futuro na Mercedes, apesar dos bons resultados que conquistou até agora na temporada - venceu duas corridas e terminou as últimas cinco provas no pódio. Mas o piloto demonstrou não se incomodar com a indefinição.

"Ainda não há notícias. Daremos as novidades quando houver alguma. Certamente, este assunto não fica na minha mente. Não há pressão de lá (equipe). Estou acostumado a essas situações. Ocorreu a mesma coisa nos últimos anos: não há confirmação para o próximo ano", frisou o finlandês.

Bottas, atual terceiro colocado no Mundial de Pilotos, com 169 pontos, chegou à equipe no início deste ano para substituir o alemão Nico Rosberg - filho de Keke Rosberg, campeão mundial de F-1 em 1982 -, que anunciou a aposentadoria da categoria após vencer o Mundial do ano passado.

Nos últimos dias, houve rumores que a Mercedes estaria negociando com Sebastian Vettel, da Ferrari. Mas a hipótese foi descartada por Lewis Hamilton, da Mercedes. Ambos brigam ferozmente pelo título da temporada. O alemão é o líder do campeonato, com 202 pontos, enquanto o inglês está em segundo, com 188.

"É altamente improvável que ele esteja aqui (na Mercedes). Eu sei que ele não quer seu meu companheiro de equipe. Ele não estaria na sua posição agora (no campeonato), em sua equipe, em termos de como a equipe opera, se estivesse aqui", disse Lewis Hamilton.

O GP da Bélgica será a 12ª etapa do Mundial de 2017 - a primeira após o recesso de verão europeu - e terá a primeira sessão de treinos livres nesta sexta-feira. A largada da corrida será às 9 horas (horário de Brasília) do domingo.