Após derrota, Renan Ribeiro acredita que a torcida não vai abandonar o São Paulo

Esportes

Após derrota, Renan Ribeiro acredita que a torcida não vai abandonar o São Paulo

Redação Folha Vitória

São Paulo - Após a derrota para o Coritiba por 2 a 1, resultado que recolocou o São Paulo na zona de rebaixamento, o goleiro Renan Ribeiro espera que a torcida não abandone a equipe. O público desta quinta-feira no estádio do Morumbi, na capital paulista, foi o recorde no Campeonato Brasileiro com mais de 53 mil pessoas. "Acho que a torcida vai continuar nos apoiando. Nós precisamos disso. Fizemos um bom jogo no primeiro tempo, o Coritiba veio fechado e explorou os contra-ataques", afirmou.

O meia Hernanes, que fez a sua reestreia no Morumbi após sete anos atuando na Europa e na Ásia, reconheceu o sentimento de frustração. "O sentimento é de frustração porque o torcedor queria uma vitória, mas o futebol é assim, imprevisível", disse o meia, que teve atuação apenas razoável e acabou substituído pelo argentino Jonathan Gómez na metade do segundo tempo.

Para Hernanes, a principal falha do time foram as finalizações. No primeiro tempo, o time criou pelo menos quatro chances claras, mas não conseguiu abrir o placar. Com grande atuação do atacante Rildo, o Coritiba conseguiu a vantagem nos contra-ataques. "No primeiro tempo, a gente tentou e conseguiu criar chances, mas não conseguimos realizar em gols. Pecamos nas finalizações. O Coritiba veio fechado e conseguiu encontrar o pênalti e depois o segundo gol. Fizemos o gol no final, mas não foi desta vez", disse.