• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após polêmica, Vagner Mancini pede desculpas ao Corinthians

  • COMPARTILHE
Esportes

Após polêmica, Vagner Mancini pede desculpas ao Corinthians

São Paulo - O técnico Vagner Mancini pediu desculpas para a torcida do Corinthians depois de ter vazado um áudio em que ele comemorava o triunfo do Vitória sobre o Corinthians, por 1 a 0, e debochava do repórter Fellipe Garrafa, com quem ele se desentendeu depois do jogo, em entrevista coletiva.

Em nota divulgada nesta terça-feira, o treinador também pediu desculpas ao jornalista e disse que o áudio foi em tom de descontração e provocação sadia, sem a intenção de ofender.

"Diante da repercussão causada pela publicação de um áudio, gostaria de pedir desculpas publicamente. A todos da torcida do Corinthians, saibam que meu sentimento sempre foi e será de máximo respeito. Por isso, liguei para o presidente do clube, Roberto de Andrade. Esclareci o fato e pedi desculpas se ofendi a instituição e a torcida. Em momento algum quis insultar o Corinthians e seus torcedores", disse Mancini, na nota.

O técnico do Vitória ainda telefonou para o presidente Roberto de Andrade para pedir desculpas. O ex-presidente do Corinthians, Andres Sanchez, divulgou na segunda-feira um vídeo em que critica a postura do comandante da equipe baiana.

"Vou falar para o treinador do Vitória, que não vou nem falar o nome, que ele se preocupe em ganhar os jogos dele, não só contra o Corinthians. Todo mundo sabe o porquê da saída dele da Chapecoense, tudo isso", disse o ex-dirigente.

A confusão teve início após a partida, quando o repórter fez uma pergunta que Mancini não gostou. O treinador chamou o jornalista de "corintiano" e disse que a imprensa paulista é bairrista, por não respeitar os clubes de outro estados.

Depois disso, um áudio em que Mancini estaria conversando com um amigo vazou. Nele, o treinador xinga Garrafa. "Ganhar do Corinthians é ótimo, somar três pontos nem se fala, mas dar uma patada num jornalista babaca corintiano, então, nem se fala", disse o treinador.

Após a polêmica, Mancini entrou em contato com o jornalista para pedir desculpas. "Fiz questão de ligar para o jornalista Felipe Garraffa e me desculpar pelo que foi dito no áudio vazado. Respeito muito o trabalho da imprensa. Errar é o do jogo. Acredito que ele errou ao me indagar com informações equivocadas, e eu errei no modo como me referi ao jornalista no áudio. Espero que o Garraffa siga uma bela carreira no jornalismo, profissão tão relevante no País", declarou o treinador do Vitória.