• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após título, Bautista Agut se aproxima do Top 10; Nadal defende ponta no US Open

  • COMPARTILHE
Esportes

Após título, Bautista Agut se aproxima do Top 10; Nadal defende ponta no US Open

Londres - Depois de faturar no último sábado o título do Torneio de Winston-Salem, nos Estados Unidos, o espanhol Roberto Bautista Agut subiu duas posições no ranking da ATP, atualizado nesta segunda-feira pela entidade, e ficou mais próximo do Top 10 no mesmo dia em a edição de 2017 do US Open, último Grand Slam da temporada, será iniciado em Nova York.

Bautista Agut saltou da 15ª para a 13ª colocação e ganhou mais confiança para jogar a grande competição na qual vai estrear contra o italiano Andreas Seppi em jogo agendado para acontecer nesta terça-feira.

Com a sua ascensão, o espanhol deixou para trás o belga David Goffin e o norte-americano John Isner, que caíram um posto cada e agora figuram nas respectivas 14ª e 15ª posições. Logo abaixo deste trio, Pablo Carreño Busta, também da Espanha, desceu do 16º para o 19º lugar e permitiu ao norte-americano Jack Sock, ao australiano Nick Kyrgios e ao checo Tomas Berdych assumirem respectivamente o 16º, o 17º e o 29º lugares.

O Top 10, que passou a ser liderado por Rafael Nadal a partir da semana passada, não sofreu nenhuma alteração de posições antes do início do US Open. No Grand Slam norte-americano, por sinal, o espanhol terá de defender a condição de número 1 do mundo, que poderá ser assumida por Roger Federer, atual terceiro colocado, com 7.145 pontos, contra 7.645 do líder.

Outro que poderia se candidato ao posto de líder da ATP durante a disputa do US Open, o britânico Andy Murray, hoje o segundo colocado, com 7.150, anunciou sua desistência do Grand Slam no último sábado, quando revelou que voltou a sofrer com as dores no quadril que o deixaram afastado do circuito profissional desde 12 de julho. Nesta data ele foi surpreendido pelo norte-americano Sam Querrey nas quartas de final de Wimbledon. Na ocasião, sucumbiu em uma partida de cinco sets na qual foi atrapalhado pela lesão.

Murray tem 7.150 pontos na vice-liderança, apenas cinco à frente de Federer, que no US Open almeja o seu 20º título de Grand Slam e o terceiro deste status apenas neste ano, após ter triunfado nas edições passadas do Aberto da Austrália e de Wimbledon. Recordista de troféus da série de quatro torneios mais importantes do circuito profissional, o suíço tem quatro taças a mais do que Nadal, que é o segundo maior vencedor de Grand Slams, com 15 ao total.

Além de Murray, outros quatro tenistas que fazem parte do grupo dos 11 primeiros colocados da ATP estarão fora deste US Open por motivo de lesão. São eles: o suíço Stan Wawrinka (4º), o sérvio Novak Djokovic (5º), o japonês Kei Nishikori (10º) e o canadense Milos Raonic (11º). Assim, além de Nadal e Federer, os outros únicos integrantes do Top 10 que estarão jogando o grande evento no complexo de Flushing Meadows serão o alemão Alexander Zverev, o croata Marin Cilic (7º), o austríaco Dominin Thiem (8º) e o búlgaro Grigor Dimitrov (9º).

BRASILEIROS - Entre os brasileiros, Rogério Dutra Silva e Thomaz Bellucci permaneceram nas respectivas 68ª e 76ª posições como únicos representantes do País no Top 100, enquanto Thiago Monteiro subiu do 114º para o 113º lugar.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1) Rafael Nadal (ESP), 7.645 pontos

2) Andy Murray (GBR), 7.150

3) Roger Federer (SUI), 7.145

4) Stan Wawrinka (SUI), 5.690

5) Novak Djokovic (SER), 5.325

6) Alexander Zverev (ALE), 4.470

7) Marin Cilic (CRO), 4.155

8) Dominic Thiem (AUT), 4.030

9) Grigor Dimitrov (BUL), 3.710

10) Kei Nishikori (JAP), 3.195

11) Milos Raonic (CAN), 2.870

12) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.690

13) Roberto Bautista Agut (ESP), 2.525

14) David Goffin (BEL), 2.525

15) John Isner (EUA), 2.425

16) Jack Sock (EUA), 2.345

17) Nick Kyrgios (AUS), 2.325

18) Tomas Berdych (CZE), 2.310

19) Pablo Carreño (ESP), 2.225

20) Lucas Pouille (FRA), 2.210

68) Rogério Dutra Silva (BRA), 723

76) Thomaz Bellucci (BRA), 682

113) Thiago Monteiro (BRA), 495