• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chapecoense e Bahia empatam por 1 a 1 debaixo de muita chuva e pouco público

Esportes

Chapecoense e Bahia empatam por 1 a 1 debaixo de muita chuva e pouco público

Chapecó (SC) - Debaixo de muita chuva e com o pior público da Arena Condá nesta edição do Campeonato Brasileiro, Chapecoense e Bahia ficaram no empate por 1 a 1, pela 18.ª rodada. Os pouco mais de 3 mil torcedores presentes ao estádio em Chapecó (SC) vaiaram o resultado que deixou o time da casa com 22 pontos, ainda distante de briga pelas primeiras colocações.

O Bahia, com dois pontos a menos, segue perigosamente próximo à zona do rebaixamento. O Coritiba, com 19, é o primeiro time na degola, mas ainda joga nesta quinta-feira, no complemento da rodada, contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, na capital paulista.

Com dificuldade para tocar a bola devido ao gramado encharcado, os dois times eram obrigados a explorar as jogadas aéreas e foi justamente dessa maneira que a Chapecoense abriu o placar. Aos 19 minutos, Apodi levantou para a área, Arthur Caike desviou de cabeça e Túlio de Melo se antecipou ao goleiro Jean e, também de cabeça, completou para o gol.

A resposta do Bahia, aos 38 minutos, também foi em bola alçada para a área. Matheus Reis cruzou da esquerda e Rodrigão completou de cabeça para empatar a partida.

Na segunda etapa, o jogo caiu de ritmo e os dois goleiros praticamente não foram exigidos. As melhores oportunidades foram cruzamentos para a área, mas as defesas levaram vantagem neste tipo de jogada e evitaram que o placar fosse movimentado novamente.

Os dois times voltam a campo neste domingo, às 16 horas, para a disputa da 19.ª rodada do Brasileirão. A Chapecoense visita o Coritiba no estádio Couto Pereira, em Curitiba, enquanto que o Bahia recebe o São Paulo na Arena Fonte Nova, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1 x 1 BAHIA

CHAPECOENSE - Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Andrei Girotto, Lucas Marques e Seijas (Fernando Guerrero); Lourency (Júlio César), Túlio de Melo e Arthur Caike (Moisés Ribeiro). Técnico: Vinícius Eutrópio.

BAHIA - Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior, Edson, Zé Rafael (Gustavo Ferrareis) e Régis (Juninho); Mendoza (Éder) e Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande (interino).

GOLS - Túlio de Melo, aos 19, e Rodrigão, aos 38 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Apodi, Fabrício Bruno, Reinaldo e Túlio de Melo (Chapecoense); Matheus Reis (Bahia).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

RENDA - R$ 64.925,00.

PÚBLICO - 3.466 pagantes.

LOCAL - Arena Conda, em Chapecó (SC).