Larissa e Talita lamentam erros em semifinal, mas celebram bronze em Viena

Esportes

Larissa e Talita lamentam erros em semifinal, mas celebram bronze em Viena

Redação Folha Vitória

Viena - As brasileiras Larissa e Talita comemoraram bastante a medalha de bronze conquistada no Campeonato Mundial de Vôlei de Praia, em Viena. Neste sábado, a dupla garantiu um lugar no pódio com o emocionante triunfo por 2 sets a 1 sobre as canadenses Pavan e Humana-Paredes por 2 sets a 1, com parciais de 21/12, 16/21 e 18/16.

"Foi uma partida especial para nós pela história que temos juntas. Queríamos retribuir nossos esforços dos últimos três anos lado a lado com uma medalha. É um sentimento especial e vou comemorar como se ela fosse de ouro. Jogamos juntas todo o tempo e nunca desistimos", declarou Larissa.

A jogadora considerou que as circunstâncias da partida tornaram o bronze ainda mais especial. Isso porque a dupla canadense chegou a abrir 5 a 0 de vantagem no tie-break antes que as brasileiras reassumissem o controle e fechassem o jogo.

"Elas tiveram uma vantagem grande no tie-break e nós nos fechamos e dissemos 'nós também podemos fazer cinco pontos seguidos'. Foi como demos a volta por cima para vencer. É um torneio realmente especial, onde todos os atletas queriam estar. E vamos subir ao pódio, então significa muito. Os melhores jogadores do mundo estavam aqui", disse.

A comemoração pela medalha, no entanto, não apagou inteiramente a decepção pela queda na semifinal. Uma das principais favoritas, a dupla brasileira caiu mais uma vez diante das alemãs Ludwig e Walkenhorst, a exemplo do que havia acontecido na Olimpíada do Rio, no ano passado, nesta mesma fase da competição.

"Jogamos bem o torneio inteiro, com exceção do segundo set da semifinal, então acredito que merecíamos essa medalha. Lutamos até o final, não foi fácil. Nunca desistimos e foi por essa razão que vencemos. Obviamente o objetivo era sair com o título, mas estou satisfeita com o que mostramos aqui, vamos para casa felizes com esse bronze", comentou Talita.

Depois de passarem pelas brasileiras, as campeãs olímpicas Ludwig e Walkenhorst garantiram o título mundial neste sábado. Na decisão, elas derrotaram as norte-americanas Ross e Fendrick por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 19/21, 21/13 e 15/9.