Levir festeja descanso e prevê Santos mais forte em partidas decisivas

Esportes

Levir festeja descanso e prevê Santos mais forte em partidas decisivas

Redação Folha Vitória

Santos - Com 48 jogos já disputados em 2017, o Santos terá um descanso extra e um bom período de preparação para os dois próximos compromissos, considerados de caráter decisivo para comissão técnica. E essa folga foi muito comemorada pelo técnico Levir Culpi, otimista com a série invicta de 15 jogos do time, ainda que com quatro empates consecutivos no Campeonato Brasileiro.

O Santos só volta a campo em 10 de setembro, quando vai enfrentar o Corinthians, na Vila Belmiro, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time está a 12 pontos do líder da competição, mas uma vitória pode ser um impulso para o difícil desafio de ultrapassar o primeiro colocado. Na sequência, logo na quarta-feira seguinte, o Santos vai ao Equador para enfrentar o Barcelona para o jogo de ida das quartas de final da Libertadores, competição em que o time ainda não perdeu após oito jogos disputados.

Para esses compromissos, o Santos contará praticamente com a força máxima. Um desfalque certo para o duelo com o Corinthians é o zagueiro David Braz, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em compensação, o meia argentino Vecchio está em fase final de recuperação de lesão e poderá ficar à disposição para os próximos compromissos. Além disso, o volante Matheus Jesus, último reforço a chegar ao clube, está próximo de estrear.

Levir também aposta que jogadores como o volante Renato, recém-recuperado de lesão, e o atacante Nilmar, que começa a ser aproveitado após longo período de inatividade, poderão ser mais úteis e decisivos ao Santos nos próximos compromissos, o fortalecendo na briga pelos títulos.

"Eu acho que nós temos elenco suficiente para manter o ritmo forte no Brasileiro e dar tudo o que temos para conquistar essa Libertadores. A oportunidade é boa, está criada e o Santos está invicto na Libertadores. Vamos proteger o que conquistamos até o momento em cima do Barcelona, temos que passar. O Santos está próximo de uma grande conquista. Com ajustes, alguns jogadores estão voltando e ganhando condição física, como o Renato, que ainda sofre na parte física. É um cara que acrescenta muito com a experiência que tem, acrescenta muito. Nós temos dois ou três jogadores que ainda vão subir num momento importante das competições", disse.

O primeiro passo do Santos na preparação para os jogos contra Corinthians e Barcelona será o que Levir definiu como "descanso mental". O treinador deu três dias de folga para o elenco, que se reapresentará na quinta-feira no CT Rei Pelé e aposta que reencontrará os jogadores fortalecidos após o recesso.

"A pressão é muito forte. Viajar quarta e domingo, com equipes que querem vencer, traz um desgaste emocional grande. A parada vai servir para respirar, ficar com a família, e pensar no Corinthians e na Libertadores. Teremos quase 100% do time em condições de jogo, o que vai ser muito importante. Ficamos de folga três dias, mas com pensamento voltado para as competições. Eles vão voltar mais fortes. Temos condições de chegar", comentou.