• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Corinthians repete esquema sem centroavante em duelo com a Chapecoense

Esportes

Corinthians repete esquema sem centroavante em duelo com a Chapecoense

Era para ter sido um grande problema, mas parece ter virado a solução do Corinthians pela segunda vez na temporada. Sem seus dois centroavantes à disposição, o time encara a Chapecoense nesta quarta-feira, às 21h45, em Itaquera, pelas quartas de final da Copa do Brasil, apostando mais uma vez na boa fase de Romero e na formação sem um homem de referência na grande área.

Com Jonathas machucado e Roger impedido de jogar por já ter disputado a competição vestindo outra camisa, a do Internacional, o técnico Osmar Loss vai recorrer à escalação sem um homem de referência dentro da grande área catarinense. Em tese, se Clayson não puder participar do confronto - ele não treinou na véspera por motivos pessoais -, o quarteto ofensivo terá Pedrinho, Jadson, Mateus Vital e Romero.

A ausência de um autêntico 9 chegou a ser apontada no início desta temporada como um mau a ser consertado. A solução seria contratar alguém capaz de suprir a lacuna deixada no elenco com a saída de Jô rumo ao futebol japonês. Como faltava dinheiro e o mercado não oferecia tantas opções assim, o então técnico Fábio Carille se virou com o que tinha em mãos e foi campeão paulista apostando justamente em um quarteto de mais mobilidade: Rodriguinho, Jadson, Romero e Clayson (ou Mateus Vital, que chegou depois).

Ou seja, na prática, Osmar Loss não está inventando nada, apenas utilizando esquema e peças parecidas. Sem Rodriguinho, que trocou o Corinthians pelo Pyramids, do Egito, ele resgatou Jadson à formação titular e adicionou recentemente o garoto Pedrinho à equipe. Deu certo. Nas duas vezes em que jogou assim, ganhou de Cruzeiro (2 a 0) e Vasco (4 a 1), com Romero chamando a responsabilidade e marcando cinco gols nos dois confrontos.

"Se tivéssemos a condição de manutenção que os europeus têm, nosso jogo seria muito mais bonito. Mas tem de se adaptar", comentou Loss, ao falar a respeito das seguidas baixas no elenco.

Na Chapecoense, o técnico Gilson Kleina fez mistério e só liberou os 15 primeiros minutos para a imprensa na atividade realizada na Academia de Futebol do Palmeiras, na véspera do jogo. O técnico tem as voltas de Rafael Thyere, que não atuou na partida contra o Grêmio, na última rodada do Brasileirão. por questão contratual, além de Guilherme e Canteros, que não foram relacionados na ocasião.

O principal desfalque da Chapecoense é o centroavante Leandro Pereira, que não pode entrar em campo na Copa do Brasil por já ter atuado na competição pelo Sport. Por outro lado, Kleina contará com o recém-contratado Victor Andrade. Mesmo sem ter sido apresentado, o atleta viajou com a delegação para São Paulo.