• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Coritiba vence Brasil de Pelotas por 2 x 0 e segue na vice-liderança da Série B

Esportes

Coritiba vence Brasil de Pelotas por 2 x 0 e segue na vice-liderança da Série B

Com o resultado, o Coritiba ficou com 29 pontos, contra 31 do Bragantino, atual líder do campeonato

Estadão Conteúdo

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram

O Coritiba se garantiu mais uma vez na vice-liderança da Série B do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Brasil de Pelotas pelo placar de 2 a 0, em partida realizada na noite de terça-feira (13), no estádio Couto Pereira, pela 16ª rodada.

Com o resultado, o Coritiba ficou com 29 pontos, contra 31 do Bragantino, atual líder do campeonato. O time paranaense evitou que o rival abrisse vantagem na ponta. Já o Brasil ficou na 13ª posição, com 18.

Com mais de 60% de posse de bola, o Coritiba pressionou o Brasil do início ao fim. A primeira chance apareceu aos nove minutos. Giovanni recuperou a bola no meio de campo e acionou Rodrigão. O atacante chutou rente à trave. O atacante teve uma segunda oportunidade, logo na sequência. Na pequena área, parou na defesa de Carlos Eduardo.

Carlos Eduardo, inclusive, foi o principal nome do Brasil na etapa inicial. O goleiro fez mais duas excelentes defesas, em tentativas de Robson e Thiago Lopes. O time xavante só foi responder no fim. Cristian recebeu dentro da área, passou por dois marcadores do Coritiba, mas acabou chutando em cima de Alex Muralha.

No segundo tempo, o Brasil voltou mais ligado. Dos pés de Cristian saiu a primeira chance da etapa final. Alex Muralha foi fazer uma defesa tranquila, mas se atrapalhou e por pouco não deixou a bola escapar. O susto acordou o Coritiba, que foi engrenando aos poucos e voltou a envolver o rival.

Aos 17 minutos, Juan Alano cobrou falta para dentro da pequena área. Sabino pegou de primeira e mandou no fundo das redes. Antes, Rafael Grampola havia exigido um milagre de Alex Muralha. O gol, porém, animou ainda mais o Coritiba, que saiu em busca de definir o resultado.

Rodrigão colocou Juan Alano de frente para o gol. Ele parou em um milagre de Carlos Eduardo. Na sobra, o goleiro fez outra grande defesa, desta vez no arremate de Thiago Lopes. Mas a atuação acabou sendo apagada por Robson. Aos 32, ele recebeu de Rodrigão para selar a vitória da equipe paranaense.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Oeste na segunda-feira, às 20h, na Arena Barueri, em Barueri (SP). No dia seguinte, o Brasil pega o São Bento, às 19h15, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA 2 x 0 BRASIL DE PELOTAS

CORITIBA - Alex Muralha; Diogo Mateus, Rafael Lima, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Juan Alano, Giovanni (Rafinha) e Thiago Lopes (Wellisol); Robson e Rodrigão (Igor Jesus). Técnico: Umberto Louzer.

BRASIL DE PELOTAS - Carlos Eduardo; Ricardo Luz, Leandro Camilo, Bruno Aguiar e Ednei; Leandro Leite (Elias), Carlos Jatobá, Murilo Rangel e Diogo Oliveira; Cristian (Branquinho) e Rafael Grampola (Rodrigo Alves). Técnico: Bolívar.

GOLS - Sabino, aos 17, e Robson, aos 32 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Juan Alano (Coritiba); Ednei, Ricardo Luz e Cristian (Brasil).

ÁRBITRO - Felipe Fernandes de Lima (MG).

RENDA - R$ 234.474,90.

PÚBLICO - 15.489 pagantes.

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).