• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Geração Gamer: Eleven Gaming celebra título e artilheiro avalia ponto-chave para a conquista

GERAÇÃO GAMER

Esportes

Geração Gamer: Eleven Gaming celebra título e artilheiro avalia ponto-chave para a conquista

A Rede Vitória fez a cobertura oficial do evento, junto à equipe do Geração Gamer - o primeiro programa de games do Espírito Santo

Acácio Rodrigues

Redação Folha Vitória
Foto: Acácio Rodrigues

Campeã do IESA Pro League, o maior campeonato da América Latina com o formato 11vs11 pelo modo Pro Clubs do game FIFA 19, a Eleven Gaming celebrou muito o título. Aliás, o troféu foi levantado com gosto pela equipe, que foi vice em março contra o Santos. Vencendo os dois confrontos da final contra o Dragões da Real, por 2 a 0 (ida) e 2 a 1 (volta), o time fechou o campeonato com o artilheiro Didimowski.

"Desde o início, a gente tinha adversários que tínhamos estudado bastante. A gente sabia os caminhos que tinham pra gente ganhar. Acabou dando tudo certo e graças a Deus saímos com o título. A gente joga junto tem cinco, seis anos. Perdemos apenas um campeonato que a gente disputou esse ano, então, valeu demais o trabalho da equipe", afirmou o artilheiro do IESA Pro League com 14 gols.

Disputado presencialmente, o torneio aconteceu na DXC Mega Arena, em Vitória, a maior casa de games do Espírito Santo e que já é considerada entre os players como a casa do Pro Clubs. A Rede Vitória fez a cobertura oficial do evento, junto à equipe do Geração Gamer - o primeiro programa de games do Espírito Santo.

A equipe Eleven Gaming estava no Grupo H, justamente com Dragões da Real, e o Colorado. Nas oitavas de final, eliminou o Galáticos, enquanto nas quartas venceu a Jotunn. Na semifinal, reeditando a final da edição que aconteceu em março, derrubou o Santos, dando o troco pelo vice-campeonato na ocasião, em Vitória. E nessa partida, o pro player Didimowski foi eleito o melhor da partida. Ele também está na seleção do campeonato.

"Acho que o jogo-chave para a gente, analisando friamente a competição, foi nas oitavas, contra o Galáticos. A gente ganhou com gol de ouro e, depois daquele jogo ali, a gente sentou e falou que a gente deveria jogar do jeito que foi combinado. As coisas foram fluindo, os adversários que a gente mais temia, foram eliminados e deu tudo muito certo", completou.

Foto: Acácio Rodrigues
Foto com os três primeiros colocados: Eleven Gaming, Dragões da Real e Santos

"A gente nunca perdeu o foco, sabe da nossa capacidade. Treinamos muito e é uma sensação incrível passar por essa trajetória toda, chegar numa final e ganhar. Sem palavras", declarou o pro player Dudu, que é capixaba.

Como é a disputa no modo Pro Clubs e o formato do IESA Pro League

Cada um dos 11 players controlam um jogador específico por posição. Seja você goleiro, zagueiro, lateral, meia ou atacante, terá de se comunicar com seus companheiros através de conversas por áudio, junto à comissão técnica.

Para que o time tenha sucesso, é importante manter a disciplina tática para não se embolar e atrapalhar os colegas. No Brasil, são mais de 20 mil praticantes do modo Pro Clubs do game FIFA.

A competição em modo presencial teve premiação de R$ 5 mil. O sorteio dos grupos foi realizado no dia 8 de julho durante a live Geração Gamer na página do Folha Vitória no Facebook.

O formato do sorteio foi assim: do pote 1 foi sorteado o cabeça de chave de cada grupo. Do pote 2 foram sorteados os outros para cada grupo.

Na fase de grupos, jogos de ida e volta foram disputados, totalizando quatro partidas por equipe, onde o primeiro colocado de cada grupo garante a vaga nas oitavas de final do torneio.

Os segundo e terceiro colocados em cada grupo disputaram uma vaga nas oitavas de final, no formato ida e volta, sendo que o segundo colocado jogou pela vantagem de dois empates ou, em caso de empate no placar agregado, das duas partidas.