• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Torrent vê Flamengo sem ritmo de jogo e diz que será preciso tempo

Esportes

Torrent vê Flamengo sem ritmo de jogo e diz que será preciso tempo

Em entrevista coletiva, o treinador afirmou que repetiu o esquema tático do português na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, na estreia do time na competição

Estadão Conteúdo

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação

Cobrado após a segunda derrota do Flamengo no Campeonato Brasileiro, por 3 a 0 para o Atlético Goianiense, na noite de quarta-feira, o técnico Domènec Torrent responsabilizou mais aspectos físicos pelo tropeço do que as mudanças táticas realizadas por ele na formação que era adotada por Jorge Jesus.

Em entrevista coletiva, o treinador afirmou que repetiu o esquema tático do português na derrota por 1 a 0 para o Atlético-MG, na estreia do time na competição, e considerou a resposta boa. Já na noite de quarta, a derrota foi acachapante. E o time teve duas trocas na formação: Rodrigo Caio atuou improvisado na lateral direita e Vitinho substituiu Arrascaeta.

"No primeiro jogo, começamos com o 4-4-2, como o Jorge Jesus. Acho que jogamos muito bem no primeiro tempo do primeiro jogo e poderíamos fazer mais gols. Hoje, começamos no 4-3-3 e, depois, no 4-2-3-1. Respeito o trabalho do ano passado, não fiz muitas alterações, mas eu falo que é difícil ganhar novamente. É muito difícil. O ambiente com a pandemia é muito difícil", afirmou.

Torrent apontou falta de ritmo do Flamengo pelo longo tempo sem jogos após a conquista do Campeonato Carioca e avaliou que o time não apresenta o mesmo ritmo e intensidade dos adversários, o que só vai conseguir com tempo.

"Jogamos depois de 24 dias, parece que estamos na pré-temporada, um ritmo muito mais baixo, os outros em um ritmo mais alto, mas trabalharemos para fazer uma equipe vencedora. Certamente venceremos novamente. Eu preciso de tempo, os jogadores precisam de tempo. Não para jogar com Dome como técnico, mas para estarem melhor fisicamente, jogarem mais jogos e voltarem a vencer", disse.

O treinador reconheceu, porém, não ser "normal" o atual campeão brasileiro começar a defesa do título com tantas dificuldades. "Não é normal, o Flamengo é vencedor. Eu sou vencedor. Não me recordo de perder dois jogos seguidos, mas isso acontece algumas vezes em futebol. As ligas não são as mesmas, algumas equipes fazem mais jogos que você e não é fácil. Temos de ter mais ritmo, mais treinamentos e jogar em um ritmo alto. Estamos trabalhando duro para isso. Não é fácil. Todos os times estão muito bem preparados para vencer equipes como o Flamengo", comentou.

Ainda sem pontuar, o Flamengo voltará a jogar pelo Brasileirão no sábado, quando visitará o Coritiba, no Couto Pereira, pela terceira rodada.