Andre Visser pede desligamento e encerra sua passagem no comando do Rio Branco

Esportes

Andre Visser pede desligamento e encerra sua passagem no comando do Rio Branco

Após a eliminação na Série D, o treinador alemão chegou a um acordo com a diretoria Capa-Preta e deixa o comando da equipe com apenas cinco partidas

Vitor Simões

Redação Folha Vitória
Foto: Reproducao/ Arquivo Pessoal

Após a derrota por 2 a 0 para a Ferroviária no último final de semana, que culminou na eliminação da Série D 2021, o Rio Branco perdeu o seu técnico para o restante da temporada. Na tarde desta terça-feira (17), o alemão Andre Visser pediu o desligamento do clube Capa-Preta.

Esta foi a segunda passagem do treinador pelo Rio Branco. Ele começou a temporada de 2021 no comando do clube e conseguiu um bom desempenho com três vitórias e uma derrota em quatro jogos. No entanto, o técnico teve que se afastar após sofrer complicações no quadro da Covid-19.

Depois de se recuperar, Visser ficou um tempo sem trabalhar em outro clube, até que foi chamado para voltar ao cargo no Capa-Preta após a saída de Cláudio Roberto. Em sua chegada, o time tinha apenas quatro pontos em seis jogos e estava nas últimas posições do grupo 6 da Série D 2021.

Nos três primeiros jogos, Andre Visser conseguiu com que a equipe reagisse e buscou cinco pontos em três partidas, sendo duas delas fora de casa. Porém, nas últimas duas rodadas o Capa Preta acabou sofrendo derrotas, o que culminou na eliminação da equipe na Série D 2021.

AUXILIAR ASSUME

O Capa-Preta confirmou a demissão tomada por meio de nota publicada nas redes sociais. Nesta, o clube agradeceu ao alemão pelos serviços prestados e informa que o auxiliar técnico Flávio Augusto assume a equipe interinamente até a chegada de um novo treinador. Confira a nota na íntegra abaixo.