Sobrevivente da tragédia no Ninho, capixaba Jhonata Ventura é campeão brasileiro sub-17

Esportes

Sobrevivente da tragédia no Ninho, capixaba Jhonata Ventura é campeão brasileiro sub-17

O zagueiro não esteve relacionado para a decisão de ontem, mas fez parte do elenco na trajetória coroada com o título. Esta é sua primeira conquista depois do acidente

Vitor Simões

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram

Na noite desta segunda-feira (16), o Flamengo se sagrou bicampeão brasileiro de futebol na categoria sub-17 ao golear o Vasco por 4 a 1 pelo segundo jogo da decisão, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. O Fla reverteu a vantagem do adversário, que havia vencido o jogo de ida por 3 a 1.

Porém essa conquista, no entanto, teve um gosto ainda mais que especial para um dos atletas do time Rubro-Negro.

Trata-se do capixaba Jhonata Ventura, um dos sobreviventes do incêndio do Ninho do Urubu que matou dez adolescentes das categorias de base do clube, em fevereiro de 2019.

O zagueiro não esteve relacionado para a decisão de ontem, mas fez parte do elenco na trajetória coroada com o título. O capixaba retornou aos treinos pelo clube em janeiro e voltou a ser relacionado para uma partida em junho, pela competição sub-17.

Dentre os 16 sobreviventes da tragédia do Ninho, Jhonata foi a vítima com o quadro mais grave. Ele teve 30% do corpo queimado e precisou de ficar mais de um ano afastado dos gramados. Por meio das redes sociais, o zagueiro da base do Flamengo comemorou bastante a conquista e registrou o momento. Confira.

CONTRATO PROFISSIONAL

Em outubro de 2020, Jhonata Ventura assinou o seu primeiro contrato profissional com o Flamengo. O vínculo tem validade até setembro de 2023 e o nome dele inclusive já consta no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.