• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cielo vai treinar nos EUA antes do Mundial de Doha

Esportes

Cielo vai treinar nos EUA antes do Mundial de Doha

São Paulo - Principal nome da natação brasileira, Cesar Cielo está empolgado com a possibilidade de aumentar sua coleção de títulos mundiais e por isso voltou atrás de uma decisão anunciada em março. Para fazer bonito em Doha (Catar), ele revelou neste sábado que vai voltar a treinar nos EUA, pelo menos por dois meses.

"Vou fazer a preparação para o Mundial lá fora, com um pouquinho mais de tranquilidade, um trabalho um pouco mais individualizado. Até Doha, vou para o Arizona, treinar com o técnico que me treinou para (o Mundial de) Barcelona (Scott Goodrich) e tentar buscar as melhores marcas no Mundial", contou Cielo.

O brasileiro foi dispensado pelo Flamengo no fim de 2012 e ficou praticamente sem clube até março, quando assinou pelo Minas. Nesse meio tempo, competiu no Brasil pelo Clube de Campo de Piracicaba e treinou sob o comando do norte-americano Scott Goodrich, seu ex-companheiro de equipe na Universidade de Auburn, também nos EUA.

Quando chegou ao Minas, em março, Cielo exaltou ser treinado pelo australiano Scott Volkers, ‘head coach’ da equipe. "Entendi que o Minas seria o clube e, o Scott, o cara que também poderia ser importante na minha carreira. Aqui, eu senti, posso ser um nadador melhor, nadar mais rápido que é o que eu quero", observou na ocasião.

Na época, Cielo explicou que não tinha mais interesse em trabalhar com Goodrich, que assumiu o comando do Mesa Aquatics Club, no Arizona. "O Scott é hoje o head coach de uma das maiores equipes dos Estados Unidos e não seria mais a mesma relação do ano passado, quando ele veio morar no Brasil por um tempo e viajava comigo para tudo quanto era lugar. Eu já queria um clube no Brasil e, a partir da hora que essa situação apareceu, eu precisava de um técnico que me passasse experiência, capacidade técnica, confiança, que eu ouvisse, acreditasse e sentisse que seria um nadador melhor treinando com ele", alegava Cielo, referindo-se a Volkers.

Agora Cielo parece ter mudado de opinião, com o respaldo da CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos) e do próprio Minas, que disparou comunicado à imprensa logo após a revelação do seu principal nadador. "O Minas apoia essa escolha e enviará o treinador assistente Dellano para acompanhar e ajudar nos treinos, além de repassar informações importantes de preparação física e fisiologia", afirmou o diretor de natação do Minas, Carlos Antonio da Rocha Azevedo.

Também esta semana, Thiago Pereira anunciou que deverá treinar nos EUA visando os Jogos do Rio. O nadador compete pelo Sesi-SP, mas treinava em São Paulo com Alberto Pinto da Silva, o Albertinho, que decidiu parar de trabalhar na beira da piscina. Nos próximos dias, Thiago deve acertar para ser comandado por Jon Urbanchek, ex-técnico de Gustavo Borges.