França escolhe o piso de saibro para a final da Davis

Esportes

França escolhe o piso de saibro para a final da Davis

Redação Folha Vitória

Paris - Após decidir na semana passada mandar a final da Copa Davis em uma quadra no Estádio Pierre Mauroy, em Lille, a França anunciou nesta segunda-feira que o confronto com a Suíça será disputado em uma quadra de saibro, entre os dias 21 e 23 de novembro, em uma tentativa de parar Roger Federer.

Com a série melhor de cinco jogos programada para começar apenas 5 dias depois da disputa do ATP Finals, a decisão da França parece ser estratégica para atrapalhar Federer e também Stan Wawrinka, que devem jogar esse torneio em quadra rápida e podem apresentar alguma dificuldade de adaptação.

Federer e Wawrinka, que foram campeões de duplas nos Jogos Olímpicos de 2008, são os favoritos para a final. Porém, terão pela frente uma forte equipe da França, que deverá ser composta por nomes como Jo-Wilfried Tsonga, Gael Monfils e Richard Gasquet.

Tsonga e Gasquet já venceram Federer em quadras de saibro. "Não vai ter um grande impacto sobre o resultado", minimizou Tsonga, o número 12 do mundo, ao comentar a escolha da superfície da decisão da Davis. "Todos os jogadores que estarão envolvidos têm condição de jogar bem em todas as superfícies", completou.

A França é a terceira maior vencedora da Copa Davis e vai buscar o seu décimo título da competição, enquanto a Suíça ainda tenta ser campeão pela primeira vez do torneio. Os suíços só disputaram uma final da competição até a deste ano, em 1992, contra a equipe norte-americana, que contava com Andre Agassi, Jim Courier, John McEnroe e Pete Sampras.