Pressionado, Fluminense sonha em desbancar o líder

Esportes

Pressionado, Fluminense sonha em desbancar o líder

Redação Folha Vitória

Rio - Eliminado da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana, além de ter apresentado atuações irregulares nos últimos jogos pelo Campeonato Brasileiro, o Fluminense tem um grande desafio neste domingo, às 16 horas, no Maracanã. O adversário é o líder Cruzeiro, sendo que um novo revés do clube carioca pode até custar o emprego do técnico Cristóvão Borges.

Ele admitiu a pressão em suas últimas declarações, mas tentou minimizar o risco de ser demitido se o Cruzeiro voltar para Belo Horizonte com a vitória. "Eu me sinto seguro porque acredito no que faço", disse Cristóvão Borges, que tem sido alvo das críticas da torcida do Fluminense - pelas redes sociais, vários torcedores pedem a sua saída do clube.

O técnico tem vários problemas para montar o time. Carlinhos, Edson, Rafael Sóbis, Valencia e Diego Cavalieri estão afastados por causa de problemas médicos. E o meia Wagner também está sob cuidados, em razão de dores musculares.

Apesar da fase adversa, o Fluminense chegou à 19ª rodada do Brasileirão na quinta colocação, brigando por uma vaga no G4. Por isso, Cristóvão Borges fez um apelo à torcida para que compareça em bom número ao Maracanã e incentive o time. Ele elogiou bastante o Cruzeiro e enfatizou para seus atletas que uma vitória neste domingo pode trazer de volta o bom ambiente de semanas atrás nas Laranjeiras.

MARCA - O atacante Fred comemora neste domingo o jogo de número 500 de sua carreira. "Poder chegar a 500 jogos é muito importante para mim. Cada partida tem sua história e completar uma marca como essa mostra que o trabalho vem sendo feito com muita qualidade. Fico feliz por ter a oportunidade de chegar a esse número em um jogo tão emblemático", declarou o capitão do Fluminense, que já defendeu o Cruzeiro no passado.

Para ele, o Fluminense tem todas as condições de se reabilitar e lutar pelo título do campeonato. "Queremos conquistar esse Brasileiro, e o Cruzeiro é o líder. Conseguir vencê-los será uma demonstração de força do nosso grupo e mais uma prova de que podemos conquistar nosso objetivo", avisou Fred.