Após dois anos, Nadal volta à Copa Davis com vitória na Dinamarca

Esportes

Após dois anos, Nadal volta à Copa Davis com vitória na Dinamarca

Redação Folha Vitória

Odense, Dinamarca - Após dois anos afastado da equipe espanhola, Rafael Nadal voltou à Copa Davis com vitória, nesta sexta-feira. O dono de 14 títulos de Grand Slam faturou o primeiro triunfo dos espanhóis sobre a Dinamarca, ao vencer o jovem Mikael Torpegaard, 822º do ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/2.

O atual número 7 do mundo não teve maiores problemas para superar o rival de 21 anos. Sofreu apenas uma quebra de saque nos três sets, faturou cinco quebras e dominou o duelo desde o início. Nadal não jogava desde a queda precoce no US Open, para o italiano Fabio Fognini, na terceira rodada.

Nadal não defendia o time espanhol desde o confronto com a Ucrânia, em 2013, quando ele ajudou a equipe a voltar à elite do tênis mundial. Desde então a Espanha sofreu três derrotas seguidas, caindo gradualmente de divisões. Agora disputa o Grupo 1 europeu, tentando voltar aos playoffs, para então conseguir retornar ao Grupo Mundial.

Se confirmar o favoritismo contra a Dinamarca, o time espanhol enfrentará a Suécia na última rodada do Grupo 1. O confronto está próximo, se depender de Nadal e David Ferrer, que bateu nesta sexta Frederik Nielsen por 6/1, 7/5 e 6/2. O duelo poderá ser encerrado neste sábado, na partida de duplas. O experiente Fernando Verdasco e Roberto Bautista Agut são os escalados para o jogo.

GRUPO MUNDIAL - Enquanto a Espanha ainda sonha em retornar à elite, Argentina e Bélgica segue no embate na briga pela vaga na final. Leonardo Mayer empatou o confronto ao vencer o belga Steve Darcis por 7/6 (7/5), 7/6 (7/1), 4/6 e 6/3. Mais cedo, David Goffin derrotou Federico Delbonis por 7/5, 7/6 (7/3) e 6/3. O duelo será desempatado na partida de duplas, neste sábado. No domingo, os confrontos serão invertidos nos jogos de simples.