Fora da sua arena por um mês, Palmeiras se preocupa com estado do gramado

Esportes

Fora da sua arena por um mês, Palmeiras se preocupa com estado do gramado

Redação Folha Vitória

São Paulo - O Palmeiras deverá ficar um mês longe do Allianz Parque. Após a vitória sobre o Figueirense, no último sábado, a equipe só deve voltar a atuar no seu estádio no dia 14 de outubro contra a Ponte Preta, pelo Campeonato Brasileiro. São dois confrontos que o Palmeiras terá de fazer fora de sua arena.

A CBF já confirmou que a partida do próximo sábado, contra o Grêmio, será no Pacaembu, no horário das 18h30. O jogo contra o Internacional, a volta das quartas de final da Copa do Brasil, no dia 30, ainda está marcado para o Allianz Parque, mas a tabela deverá ser alterada.

"O que preocupa depois do shows é a situação do gramado. Hoje está em excelentes condições, muito bom. Só que parece que o palco de um desses shows é gigantesco e com certeza vai prejudicar muito gramado. Esperamos que a construtora tenha conseguido uma evolução ao mecanismo de proteção e que os danos sejam menores", disse o goleiro Fernando Prass.

Nas próximas semanas, o estádio será utilizado pela construtora WTorre para dois shows. No dia 19, o cantor Rod Stewart vai se apresentar no anfiteatro, localizado atrás de um dos gols. No dia 24, a cantora Katy Perry fará um show.

De acordo com a construtora, dois dias serão suficientes para a retirada da estrutura do palco, o que deixaria o estádio à disposição para o jogo da Copa do Brasil contra o Inter. O problema, no entanto, é a recuperação do gramado.

Desde novembro do ano passado, o Palmeiras fez 31 partidas na arena, com 21 vitórias, cinco empates e cinco derrotas. A média de público é de 29,7 mil torcedores e já foram arrecadados mais de R$ 58 milhões.