Onze anos depois, ciclista recebe medalha de bronze da Olimpíada de 2004

Esportes

Onze anos depois, ciclista recebe medalha de bronze da Olimpíada de 2004

Redação Folha Vitória

Sydney - Quarto ciclista a cruzar a linha de chegada da prova de contrarrelógio do ciclismo de estrada dos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, o australiano Michael Rogers finalmente recebeu sua medalha de bronze.

Ele foi beneficiado pela confissão de doping por parte do campeão daquela prova, o norte-americano Tyler Hamilton, que em 2012 teve cassada sua medalha de ouro. Foi o caso de Hamilton que permitiu à Agência Antidoping dos Estados Unidos conseguir provar o doping sistemático de Lance Armstrong.

O campeão olímpico do contrarrelógio em Atenas passou então a ser o russo Viatcheslav Ekimov, que já recebeu sua medalha. A prata foi para Bobby Julich, norte-americano que também admitiu o uso de doping durante a carreira.

O próprio Michael Rogers tem suspeita de doping manchando sua trajetória. Ele era um cliente regular do médico Michele Ferrari, italiano que supostamente fornecia as substâncias dopantes para Armstrong e seus companheiros de equipe.