• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após marcar contra o Benfica, Talisca é alvo de insultos racistas

  • COMPARTILHE
Esportes

Após marcar contra o Benfica, Talisca é alvo de insultos racistas

Lisboa - Autor do gol do empate do Besiktas sobre o Benfica por 1 a 1 na Liga dos Campeões da Europa, aos 48 minutos do segundo tempo, na última terça-feira, o brasileiro Anderson Talisca e sua mulher, Anna Paula Ramos, foram alvos de injúrias raciais nas redes sociais logo após o fim da partida - tudo por conta da comemoração do jogador brasileiro após anotar o gol de falta.

Revelado pelo Bahia e vendido ao Benfica, Talisca teve uma saída conturbada da equipe portuguesa, e acabou negociado por empréstimo ao Besiktas na última janela de transferências - seus direitos federativos ainda pertencem ao clube de Portugal.

O jogador da equipe da Turquia reagiu pelo Twitter e prometeu tomar providências. Em sua conta, o atleta escreveu: "Todos que estão fazendo insultos racistas a mim e minha família estão sendo salvos. A internet tem lei", escreveu Talisca, agradecendo aos torcedores que enviaram mensagens o apoiando.

Os primeiros comentários com injúrias raciais foram postados abaixo de uma foto da mulher do jogador, Anna Paula Ramos, o próprio Talisca e a filha do casal, que tem pouco mais de um mês de vida. "Foi o Benfica que te tirou da miséria. Devias ter mais respeito, seu porco. Tua família tem vergonha da pessoa que és", escreveu um internauta que torce para o Benfica. Na sequência, outro torcedor foi além: "Tua filha é uma m... igual a tu, macacos".

Após os ataques, outros internautas defenderam Talisca e pediram para que os comentários fossem enviados para a polícia.

Anna Paula usou as redes sociais para responder: "O que você acha que é? Torcedor de m… para vir citar a minha filha com a sua boca podre? Pois está bem guardado o seu comentário, seu racista de m… Deveria ter mais respeito por um ser tão indefeso".

MÁGOA - Logo após a partida, Talisca deu uma declaração contundente. "Eu gostaria de deixar um recado ao presidente e ao vice-presidente do Benfica: minha filha tinha seis dias de vida, e o clube pagou o salário de todos, menos o meu. Mas, quando as pessoas trabalham de forma séria, tudo ocorre bem", afirmou o jogador brasileiro.