Em casa, Corinthians pega Cruzeiro no jogo de ida das quartas da Copa do Brasil

Esportes

Em casa, Corinthians pega Cruzeiro no jogo de ida das quartas da Copa do Brasil

Redação Folha Vitória

São Paulo - O Corinthians começa a disputar nesta quarta-feira uma vaga na semifinal da Copa do Brasil como mandante e favorito. Às 21h45, no estádio Itaquerão, em São Paulo, o time recebe o Cruzeiro, adversário que está mais focado na luta contra o inédito rebaixamento no Campeonato Brasileiro e vê o torneio de mata-mata como secundário.

O clube paulista, no entanto, também está dividido entre as duas competições, mas por um motivo mais nobre. A busca pelo título na Copa do Brasil deve levar preferência sobre a disputa em que está envolvido por uma vaga pelo G4 do Brasileirão por render passagem diretamente à fase de grupos da Copa Libertadores.

O Corinthians terá contra o Cruzeiro a mesma formação utilizada no fim de semana - derrota para o Fluminense por 1 a 0, também em casa, pelo Brasileirão. Como o goleiro Cássio não se recuperou de dores no ombro direito, Walter continua como titular.

Nesta terça-feira, o trabalho do técnico interino Fábio Carille foi uma atividade tática somente com a presença dos titulares no gramado, em que o posicionamento e os lances de bola parada foram as ênfases principais.

No Cruzeiro, o técnico Mano Menezes definiu nesta terça-feira a lista de relacionados e a principal novidade para o jogo é a presença do meia-atacante Alisson, desfalque na derrota de domingo para o Flamengo. Ele havia ficado de fora da partida do fim de semana por conta de dores lombares. Diante de seu imenso histórico de lesões, o departamento médico cruzeirense havia optado por poupá-lo naquela ocasião. Mesmo com a volta, a tendência é que fique apenas no banco de reservas.

Quem também apareceu na lista de relacionados foi o zagueiro Bruno Rodrigo. O jogador ficou de fora do treino desta terça-feira depois de reclamar de dores na panturrilha esquerda, mas foi chamado por Mano Menezes e, ao menos a princípio, não preocupa. Por já terem atuado por outras equipes, o goleiro Elisson e os laterais Ezequiel e Bryan ficam de fora.