Gabriel Jesus atribui derrota a 'infelicidades' do Palmeiras em Porto Alegre

Esportes

Gabriel Jesus atribui derrota a 'infelicidades' do Palmeiras em Porto Alegre

O técnico Cuca reconheceu que o Palmeiras não fez um bom primeiro tempo, mas acredita que conseguiu melhorar o rendimento na etapa final

Redação Folha Vitória
Gabriel Jesus voltou a reclamar bastante dentro de campo Foto: Reprodução/ Site do Palmeiras

São Paulo - O atacante Gabriel Jesus considera que o Palmeiras perdeu para o Grêmio, na noite de quarta-feira, em Porto Alegre, por causa de duas infelicidades - referência aos dois gols do time gaúcho, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O Palmeiras marcou um gol na casa do rival, reduzindo a vantagem para o jogo da volta.

O jogador entende que o time paulista teve o mérito de conseguir reagir após estar em desvantagem por 2 a 0 e por isso mantém a confiança de que será possível levar a melhor no segundo jogo, dia 19 de outubro no Allianz Parque, de maneira a conseguir a vaga na semifinal da Copa do Brasil.

"Viemos para jogar o jogo, não apenas para nos defender. Em duas infelicidades nossas, sofremos dois gols", disse Gabriel Jesus ainda no gramado da Arena Grêmio. "Mas conseguimos nos recuperar e voltar para o jogo. Estamos vivos para decidir em casa."

Gabriel Jesus voltou a reclamar bastante dentro de campo, discutindo com o juiz e com jogadores adversários. Ele admitiu o nervosismo, mas disse que é difícil se controlar em determinadas situações. "Eu queria ficar mais tranquilo, mas acaba não sendo possível. A gente é agarrado todo o tempo e fica difícil."

O técnico Cuca reconheceu que o Palmeiras não fez um bom primeiro tempo, mas acredita que conseguiu melhorar o rendimento na etapa final. "Foi um resultado justo pelo que o Grêmio fez no primeiro tempo e o Palmeiras fez o segundo. O importante é que está tudo aberto", disse o treinador.