Lenda e responsável por popularizar o golfe, Arnold Palmer morre aos 87 anos

Esportes

Lenda e responsável por popularizar o golfe, Arnold Palmer morre aos 87 anos

Redação Folha Vitória

Pittsburgh - O norte-americano Arnold Palmer, considerado o jogador que popularizou o golfe entre as massas devido a seu estilo agressivo, seu carisma e sua cara de cidadão comum, morreu em Pittsburgh, nos Estados Unidos. Ele tinha 87 anos.

Alastair Johnston, CEO da Arnold Palmer Enterprises, confirmou que "The King" Palmer morreu no último domingo, devido a complicações após uma série de problemas cardíacos. De acordo com Johnston, Palmer foi internado na última quinta-feira no hospital UPMC por alguns problemas cardiovasculares, e se debilitou nos últimos dias.

"Hoje terminou uma era", disse Johnston, que foi por anos o empresário de Palmer. "A influência, as características e as realizações de Arnold Palmer vão muito além do golfe. Era um americano icônico que tratava as pessoas com respeito e cordialidade, e construiu um legado único por sua capacidade de interagir com os torcedores".

Palmer foi uma das figuras mais importantes da história do golfe, e não apenas para ter vencido sete torneios Majors e 62 competições no circuito mundial. Sua aparência, sorriso maroto e atitude determinada fizeram com que um esporte antes restrito às elites nos clubes passasse a atrair um público mais amplo.

Além de ser extremamente popular entre os torcedores, aproveitando um período eu que as TVs se tornaram comum nas residências, Palmer foi pioneiro no marketing esportivo. Ele pavimentou o caminho para muitos mais atletas colherem milhões de dólares através de patrocínios.

"Obrigado, Arnold, por sua amizade, conselhos e risadas", escreveu Tiger Woods em seu perfil na rede social Twitter. "Sua filantropia e humildade são parte de sua lenda. É difícil imaginar o golfe sem você ou pensar em alguém mais importante do que o rei", concluiu.