Número 1 do mundo, Karolina Pliskova sofre para avançar às oitavas no US Open

Esportes

Número 1 do mundo, Karolina Pliskova sofre para avançar às oitavas no US Open

Redação Folha Vitória

Nova York - A chave feminina de simples do US Open, em Nova York, por pouco não ficou precocemente sem a número 1 do mundo. Neste sábado, pela terceira rodada, a checa Karolina Pliskova sofreu bastante para derrotar a chinesa Shuai Zhang e avançou às oitavas de final. Em um jogo com muitas falhas, a tenista europeia chegou a estar perdendo por 6/3 e 5/4, com match point a favor da rival, mas se superou e obteve a virada para 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 7/5 e 6/4.

Ainda em quadra, pouco depois da suada vitória, Karolina Pliskova explicou a razão de tanto sofrimento. "Meu forehand não estava entrando na paralela, então achei que aquela era minha última chance", afirmou a cabeça de chave número 1 sobre o match point que evitou. "Estou sentindo um problema com meu braço, mas espero que não seja algo sério para a próxima partida".

Neste ano, Karolina Pliskova defende o vice obtido em 2016 - perdeu a final para a alemã Angelique Kerber. Por isso, para manter o número 1 do mundo precisa ao menos chegar novamente à decisão. Sua próxima adversária será a norte-americana Jennifer Brady, que venceu a romena Monica Niculescu por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 4/6 e 7/6 (7/3).

Candidata a roubar a liderança do ranking mundial, Elina Svitolina venceu mais uma vez no US Open. A tenista ucraniana, atual número 4 do mundo, derrotou a norte-americana Shelby Rogers por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5. Em sua sexta participação no quarto e último Grand Slam da temporada, chega pela primeira vez às oitavas de final.

Outra que conseguiu neste sábado a sua melhor campanha no US Open foi CoCo Vandeweghe. A norte-americana de 25 anos levou a melhor contra a polonesa Agnieszka Radwanska ao vencer por 2 sets a 1 - com parciais de 7/5, 4/6 e 6/4, em uma batalha de 2 horas e 55 minutos. Agora encara a checa Lucie Safarova, que venceu a japonesa Kurumi Nara por 2 a 0 (6/3 e 6/2).

Quem se despediu precocemente foi a atual campeã de Roland Garros. Em um duelo da nova geração do tênis feminino, a russa Daria Kasatkina ganhou da letã Jelena Ostapenko por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 6/2, em 1 hora e 11 minutos.

A adversária de Daria Kasatkina nas oitavas de final será a experiente Kaia Kanepi, ex-Top 15 e atualmente apenas a 418.ª colocada do ranking da WTA. Vinda do qualifying, a estoniana de 32 anos manteve o embalo e venceu a japonesa Naomi Osaka por 2 sets a 1 - com parciais de 6/3, 2/6 e 7/5.