Esportes

Em Curitiba, Fortaleza luta para encerrar seu jejum de vitórias no Brasileirão

Três jogos sem vitória no Brasileirão, com duas derrotas e um empate, reaproximaram o Fortaleza da zona de rebaixamento. A possibilidade de entrar na degola ao fim da 21ª rodada não existe, mas um triunfo sobre o Athletico-PR, nesta quinta-feira, seria de extrema valia na briga pela permanência na elite. Válido pela 21ª rodada, o duelo será realizado na Arena da Baixada, às 21h30, em Curitiba.

Com 22 pontos somados em 20 partidas, o Fortaleza perdeu os últimos dois jogos que disputou em casa, no Castelão, para Palmeiras e Fluminense, e precisará reagir jogando como visitante, condição que não assusta tanto o time, pois nas três partidas anteriores fora de casa, acumulou dois empates e uma vitória.

"Se a gente conseguir juntar o equilíbrio que temos fora com a vontade que temos dentro de casa, vamos conseguir fazer também bons jogos ao lado da nossa torcida. Vamos procurar, mais uma vez, fazer um grande jogo fora. Temos que aproveitar nosso fator positivo fora de casa e vamos em busca da vitória", prometeu o atacante Wellington Paulista, que cumpriu suspensão na derrota para o Palmeiras e deve voltar ao time.

Apesar do retorno, o técnico Zé Ricardo não poderá contar com o goleiro Felipe Alves, o volante Felipe e o atacante André Luís, todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Mesmo se não tivesse levado a suspensão, ele estaria de fora por causa de dores no músculo adutor da coxa esquerda. Marcelo Boeck fica com a vaga no gol.

No ataque, Wellington Paulista deve formar trio com Osvaldo e Felipe Pires, que não jogou contra o Palmeiras por questões contratuais. A posição aberta no meio de campo deve ser preenchida por Juninho.

Pontos moeda