Esportes

Sampaoli projeta time do Santos ainda mais aguerrido no 2º turno do Brasileirão

Derrotado na final simbólica do primeiro turno do Campeonato Brasileiro diante do Flamengo por 1 a 0 no Maracanã, no sábado, o técnico do Santos, Jorge Sampaoli, não quer perder tempo lamentando o revés que o afastou, ao menos momentaneamente, da liderança e já projeta o returno da competição.

De acordo com o argentino, sua equipe esteve bem na partida válida pela 19ª rodada, e, apesar do resultado negativo, o espírito de superação demonstrado por seus comandados deve ser mantido na outra metade da competição.

"Temos que potencializar o que fizemos aqui (no Maracanã) para um segundo turno que seguramente será mais apertado. Viveremos um jogo como este a cada semana. Se fizermos uma partida como fizemos hoje (contra o Flamengo), teremos totais condições de competir contra equipes que certamente farão um segundo turno muito melhor que o primeiro", avisa o comandante santista, em entrevista coletiva após o duelo deste sábado.

Sampaoli já está ciente de que não poderá contar com o zagueiro Gustavo Henrique, que recebeu o terceiro cartão amarelo no Rio, diante do Grêmio, em partida marcada para as 21h do próximo sábado na Vila Belmiro.

Uma das opções para substituir o defensor titular passa a ser Luan Peres, que, apesar de vir de um longo período de inatividade - veio do Brugges, da Bélgica, por empréstimo, e ainda não havia atuado pela equipe da Baixada - fez estreia relativamente segura diante do Flamengo.

Por outro lado, o comandante santista terá à disposição novamente peças que, de acordo com ele, fizeram falta no último compromisso: o volante Diego Pituca, que cumpriu suspensão, e o meia Evandro, que está se recuperando de um edema na coxa. Além destes, o lateral-direito Pará volta a ser opção, pois, por estar emprestado pelo Flamengo, não pôde jogar contra os cariocas por questões contratuais.

O treinador argentino justificou a presença do peruano Cueva - que não jogava pelo clube havia quase quatro meses - na relação por necessitar de mais opções para o setor de meio campo. Por isso, explica ele, acabou preterindo o atacante paraguaio Derlis González, mas fez questão de deixar em aberto essa disputa estrangeira pelas cinco vagas previstas para "gringos" por jogo do Brasileirão. "Temos que ver como será o rendimento de cada um para decidirmos quem serão os estrangeiros que começarão jogando", explica.

O Santos, que foi líder isolado da 12ª à 16ª rodada, caiu agora para o terceiro lugar na tabela de classificação do Brasileiro, com 37 pontos, sendo superado pelo Palmeiras, que superou o Cruzeiro, neste sábado, por 1 a 0, no Allianz Parque, e chegou aos 39.

Pontos moeda