• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

City perde para o West Ham e Chelsea pode disparar

Esportes

City perde para o West Ham e Chelsea pode disparar

Londres - O West Ham mostrou neste sábado porquê vem fazendo ótima campanha neste início de Campeonato Inglês e derrotou o Manchester City em casa, pela nona rodada da competição. Em jogo extremamente movimentado e cheio de alternativas, os londrinos venceram por 2 a 1 no Upton Park e se aproximaram das primeiras colocações.

O resultado levou o West Ham a 16 pontos, ainda em quarto, mas agora a apenas um ponto do próprio City, que é o vice-líder. O Chelsea lidera com 22 e pode disparar na ponta, já que ainda atua neste domingo. Na próxima rodada, o West Ham terá pela frente o Stoke, sábado que vem, fora de casa. No dia seguinte, o City faz o clássico de Manchester com o United, em casa.

O primeiro tempo deste sábado foi todo do West Ham, que abusava das jogadas com o equatoriano Enner Valencia. Aos 17 minutos, ele recebeu após cobrança de falta para a área, encheu o pé e só não marcou porque Joe Hart mostrou reflexo. Aos 20, ele foi lançado pela direita, ganhou bem na velocidade de Mangala e cruzou rasteiro para trás. A bola passou por Zabaleta e sobrou para Amalfitano rolar para o gol e abrir o placar.

O West Ham não diminuiu o ritmo com a vantagem e ainda teve outras duas oportunidades antes do intervalo. Aos 28, Downing aproveitou sobra na marca do pênalti e cabeceou por cima. Já aos 41, após cruzamento da esquerda, Valência encheu o pé de esquerda, com perigo.

O segundo tempo começou equilibrado e as equipes tiveram uma chance cada logo de cara. Até que aos 19 minutos, Yaya Touré abriu na direita para David Silva, que cruzou no meio para Agüero. Sozinho, da linha da pequena área, o argentino conseguiu acertar o travessão. A sobra ficou com Touré, que encheu o pé e exigiu grande defesa de Adrián.

O jogo era lá e cá e aos 26 o West Ham respondeu. Valência recebeu pela direita e rolou para Sakho, que chegou batendo da entrada da área e tirou tinta do travessão. Mais dois minutos e foi a vez do City. David Silva invadiu a área pela esquerda, após tabela com Agüero, e rolou para Touré, que bateu no ângulo. A bola, mais uma vez, explodiu no travessão.

Não demoraria, no entanto, para que o West Ham ampliasse. Aos 29, Downing cruzou na cabeça de Sakho, que cabeceou firme para o chão. Hart fez uma defesa espetacular, mas a bola já havia passado a linha quando o goleiro inglês a espalmou. O árbitro auxiliar mostrou dúvida em um primeiro momento, mas confirmou o gol.

Apenas dois minutos depois, no entanto, veio a resposta do City, em lindo lance de David Silva. O espanhol recebeu pela direita, passou pelo marcador, ameaçou o chute e fintou o segundo adversário e bateu cruzado, firme, sem chance para Adrián, diminuído a diferença. Daí para frente, o time de Manchester pressionou, mas parou na defesa adversária e em Adrián e não conseguiu o empate.