• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dunga veta Fernandinho e chama Rômulo para seleção

  • COMPARTILHE
Esportes

Dunga veta Fernandinho e chama Rômulo para seleção

Rio - Dunga anunciou neste domingo mais uma mudança na lista de convocados da seleção brasileira para os amistosos com a Argentina (Superclássico das Américas), no dia 11, e contra o Japão, três dias depois. O técnico chamou o volante Rômulo, Spartak Moscou, para o lugar de Fernandinho, do Manchester City.

Fernandinho foi vetado porque se machucou durante a partida do City neste sábado, em rodada do Campeonato Inglês. O volante sofreu uma lesão no tendão justamente na partida em que estava voltando aos gramados, depois de ser baixa na equipe inglesa nas últimas semanas.

Com o veto a Fernandinho, Rômulo voltará a ganhar uma chance na seleção. O jogador revelado pelo Vasco fora chamado pela primeira vez justamente para jogar o Superclássico das Américas, ainda em 2011, sob o comando do técnico Mano Menezes. Ao todo, ele já tem oito partidas pela seleção principal, além de convocações para a base - esteve no grupo que faturou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

A convocação de Rômulo marca a quinta mudança na atual lista de convocados de Dunga. Antes dele, o treinador chamou o zagueiro Juan (Inter de Milão), o volante Souza (São Paulo), o goleiro Marcelo Grohe (Grêmio) e o meia Kaká (São Paulo). Foram dispensados, todos por lesão, o zagueiro Marquinhos (Paris Saint-Germain), o volante Ramires (Chelsea), o meia Ricardo Goulart (Cruzeiro). O goleiro Jefferson (Botafogo) foi mantido na lista apesar de dores no dedo mínimo da mão esquerda.

Os jogadores vão se apresentar ao treinador nesta semana para os amistosos que serão disputados em Pequim, no próximo sábado, e Cingapura, no dia 14.

TIME OLÍMPICO - O técnico da seleção olímpica, Alexandre Gallo, também precisou fazer uma alteração em sua lista para os amistosos do dia 10 e 13 deste mês. Neste domingo, ele chamou o meia Kelvin, do Porto, para substituir Raphael Alcântara, filho do ex-jogador Mazinho. O atleta do Barcelona foi cortado por lesão.

No dia 10, o adversário do time olímpico do Brasil será a Bolívia, às 22 horas, na Arena Pantanal, em Cuiabá. Três dias depois, o rival será a equipe sub-23 dos Estados Unidos, às 19 horas, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.