• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Maicosuel treina, mas Levir é cauteloso sobre volta

  • COMPARTILHE
Esportes

Maicosuel treina, mas Levir é cauteloso sobre volta

Belo Horizonte - Recuperado de uma séria lesão muscular na coxa esquerda, que o deixou afastado do futebol por quase um mês e meio, o meia Maicosuel treinou normalmente com seus companheiros no Atlético-MG nesta sexta-feira. A atividade mostrou que o jogador está pronto para voltar ao time diante do São Paulo, neste domingo, em casa, mas o técnico Levir Culpi preferiu não confirmar o retorno.

"É difícil o Maicosuel porque ele treinou pouco. Hoje, nós o observamos no treinamento e, aparentemente, ele foi bem. Então, até existe a possibilidade de utilizá-lo, mas com um pouco de precaução porque ele está voltando de contusão e preocupa a entrada dele inicialmente", afirmou.

A declaração de Levir indicou que, mesmo se jogar no domingo, Maicosuel não deverá ser titular. A última partida do jogador foi no dia 31 de agosto, no empate por 0 a 0 com o Coritiba, quando sofreu a lesão. De lá para cá, ele vinha fazendo tratamento, até que nesta sexta foi a campo e fez um treino técnico com os reservas que não enfrentaram o Fluminense no empate por 0 a 0, na última quinta.

A partida, aliás, retrata o que Levir Culpi espera para o jogo contra o São Paulo. "Imagino um jogo parecido com o do Fluminense e também com o que fizemos lá no Morumbi. Lembro-me muito bem, tivemos a oportunidade de vencer a partida, fomos bem no jogo e eles foram fazer um gol no final. Então, acho que vamos ter um jogo muito equilibrado, com oportunidades para os dois lados", comentou, citando também a derrota por 2 a 1 do primeiro turno.

Com 44 pontos, o Atlético-MG é o sexto colocado na tabela e luta para voltar ao G4 - está dois pontos atrás do Grêmio, que é o quarto. Com 11 rodadas para o fim do campeonato, no entanto, Levir sabe que seus comandados não terão vida fácil.

"De agora para frente, os jogos serão muito complicados, nós vimos ontem o jogo do Internacional com a Chapecoense (5 a 0 para os catarinense). Tenho confiança, estamos retornando com jogadores importantes também, mas são apenas 11 jogos. Então, a gente vai jogo a jogo. Nosso objetivo, agora, é o São Paulo. Nossa torcida vai ter que estar junto, vai dar uma força muito grande para a gente e não dá para fazer uma conta. Temos que jogar tudo contra o São Paulo", apontou.