Após 'apagão', Marcelo Olivera admite que falta 'constância de jogo' ao Palmeiras

Esportes

Após 'apagão', Marcelo Olivera admite que falta 'constância de jogo' ao Palmeiras

Redação Folha Vitória

São Paulo - No primeiro tempo da partida contra o Inter, disputada na noite desta quarta-feira, no Allianz Parque, o Palmeiras vencia por 2 a 0 e parecia encaminhar a vaga à semifinal da Copa do Brasil com certa facilidade. Na etapa final, porém, o time gaúcho reagiu, empatou e esteve classificado por um minuto até Andrei Girotto fazer o gol da classificação. Embora afirme que os méritos da vitória têm de ser destacados, o técnico Marcelo Oliveira mostrou preocupação com a inconstância da equipe.

"Nós temos de exaltar uma vitória. Essa competição começou com 80 equipes e só tem quatro. E o Palmeiras está lá. Não podemos depois de uma vitória de tanto sacrifício e esforço estar buscando só coisa negativa. É certo que ainda não temos uma constância de jogo. 2 a 0 no primeiro tempo, faltando 10 minutos, erramos muitos passes, coisa que não é normal e não deve acontecer", disse o treinador em entrevista coletiva após a vitória sofrida.

A situação já havia acontecido em algumas partidas do Campeonato Brasileiro. Diante do Flamengo, a equipe controlava as ações, mas sofreu a virada e precisou correr atrás do resultado. No final, festejou triunfo por 4 a 2. Contra o Corinthians, o Palmeiras esteve à frente do placar por três vezes, mas cedeu a igualdade por 3 a 3.

"Não sei explicar. Estávamos jogando contra uma grande equipe, não podíamos relaxar. Quando você pensa que vai ser fácil, toma um ou dois gols, é difícil, mas a equipe está de parabéns pela classificação", afirmou o atacante Dudu.