Atlético de Madrid vence reservas do Astana e se recupera na Liga dos Campeões

Esportes

Atlético de Madrid vence reservas do Astana e se recupera na Liga dos Campeões

Redação Folha Vitória

Madri - Enfrentar o Atlético de Madrid no Vicente Calderón pela Liga dos Campeões poderia ser o jogo da história para o Astana. Mas a equipe do Casaquistão, de olho no título do campeonato nacional, resolveu tratar o confronto internacional sem o devido valor. Mandou apenas 15 jogadores para o estádio e, mesmo assim, conseguiu perder de 'apenas' 4 a 0 nesta quarta-feira, pela terceira rodada do Grupo C.

O técnico búlgaro Stoilov já havia avisado que não usaria força máxima diante do Atlético, deixando quatro titulares em Astana. Na hora de levar o time ao estádio, escolheu contar com apenas quatro reservas. Nos 11 que começaram jogando, só cinco eram titulares.

O Atlético de Madrid, que vinha de derrota em casa para o Benfica, aproveitou para se recuperar. Abriu o placar aos 23 minutos, com um belo gol de Saúl. Após cruzamento rasteiro de Ferreira Carrasco, o espanhol manteve o pé de apoio no chão, esticou a direita e bateu de calcanhar para fazer 1 a 0.

Logo depois, aos 29, Jackson Martínez virou na área, chutou fraco, e goleiro aceitou. No estilo Messi, com cavadinha enquanto o goleiro saía fechando o espaço pelo chão, Óliver Torres fez o terceiro, já aos 18 do segundo tempo. Aos 44, Dedechko marcou contra e fechou a contagem.

No outro jogo do Grupo C nesta quarta-feira, o Galatasaray recebeu o Benfica e venceu de virada, por 2 a 1. Gaitán abriu o placar com um golaço, logo aos 2 minutos. O argentino cortou com a direita, deixou um marcador a ver navios, e chutou com a esquerda. De pênalti, Inan empatou aos 19. Já aos 33, Podolski recebeu pelo lado direito da área e bateu de trivela, por baixo das pernas de Julio Cesar.

Com esses resultados, Benfica e Atlético de Madrid dividem a liderança, com seis pontos, mas o time espanhol tem melhor saldo de gols. O Galatasaray foi a quatro pontos, enquanto o Astana seque zerado. Daqui a duas semanas, os jogos desta quarta-feira se repetem, com mando de jogo invertido.