Laterais deixam treino mais cedo no Corinthians, mas não preocupam Tite

Esportes

Laterais deixam treino mais cedo no Corinthians, mas não preocupam Tite

Redação Folha Vitória

São Paulo - O Corinthians treinou neste sábado no CT Joaquim Grava de olho na partida contra o Goiás, quinta-feira, no Itaquerão, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem contar com Gil, Elias e Renato Augusto, que estão na seleção brasileira, o técnico Tite também teve problemas nas duas laterais.

Uendel começou a atividade como titular no lado esquerdo. Recém-recuperado de uma de uma lesão muscular na coxa esquerda, o jogador permaneceu em campo por apenas 15 minutos e depois foi para a academia. Guilherme Arana, que também se recupera do mesmo problema, entrou em seu lugar.

Na direita, Fagner nem foi a campo e seguiu tratamento físico. Edílson, seu substituto, deixou o treino após 30 minutos por causa de uma tendinite no joelho direito. Yago entrou em seu lugar. Segundo o departamento médico do clube, as alterações já eram previstas pelo treinador.

Tite também não sabe se poderá contar com os três jogadores convocados para seleção. Eles se reapresentam após o duelo de terça-feira, em Fortaleza, contra a Venezuela, pela segunda rodada das Eliminatórias da Copa de 2018. Se ficarem de fora por conta de cansaço, o treinador deverá utilizar o time testado neste sábado com: Cássio; Edílson, Edu Dracena, Yago e Uendel; Ralf, Rodriguinho, Jadson, Danilo e Malcom; Vagner Love. Além deles, Felipe está suspenso e ficará fora.

O Corinthians lidera o Campeonato Brasileiro com 61 pontos, cinco à frente do Atlético-MG, o segundo colocado. O time paulista empatou em 2 a 2 com a Ponte Preta na última rodada e agora terá pela frente o Goiás, que está na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 31 pontos, e vem de duas derrotas consecutivas.