Levir admite erro da arbitragem em favor do Flu, mas minimiza

Esportes

Levir admite erro da arbitragem em favor do Flu, mas minimiza

Redação Folha Vitória

Rio - O Fluminense mais uma vez foi pivô de uma polêmica de arbitragem. Na sexta-feira à noite, empatou em 2 a 2 com o Vitória graças a um gol originário de um pênalti mal marcado. Wellington foi puxado por Victor Ramos fora da área, mas caiu dentro dela. Nielson Nogueira Dias até consultou o auxiliar, mas marcou o pênalti, que Richarlison converteu.

Após a partida, Levir Culpi foi questionado sobre o lance. Sempre sincero, admitiu o erro do árbitro. "Me falaram que a falta foi fora da área. Eu ainda não vi. Me parece que foi um erro de arbitragem", reconheceu, tratando logo de minimizar: "Se colocarmos os erros que prejudicaram o Flu, teríamos mais pontos do que temos hoje".

O Fluminense chegou a entrar na Justiça Desportiva para anular o resultado do Fla-Flu, reclamando que o árbitro daquela partida, Sandro Meira Ricci, contou com ajuda de recursos externos para anular um gol da equipe.

Desde então, o Fluminense não conseguiu mais vencer. Nem o retorno ao Maracanã após quase um ano ajudou. "Ficamos devendo para o torcedor. Era jogo para vencer. Tínhamos seis jogos. Precisávamos de quatro vitórias e um empate. Agora diminuiu. Temos que ganhar quatro. A conta é essa. Como conseguir? Focando no próximo adversário", disse Levir.

O treinador sonha com o Fluminense conquistando vaga na Libertadores. A equipe tem 48 pontos, um a menos que o Corinthians, sexto colocado, que ainda joga por esta 33.ª rodada. Na próxima rodada, o Flu visita o Cruzeiro.