Após festa da torcida, jogadores do São Paulo comemoram apoio das arquibancadas

Esportes

Após festa da torcida, jogadores do São Paulo comemoram apoio das arquibancadas

Redação Folha Vitória

São Paulo - Antes da vitória por 2 a 1 sobre o Santos, no último sábado, o São Paulo foi levado para o Pacaembu nos braços da torcida. Desde a saída do CT do clube, na Barra Funda, uma multidão acompanhou o ônibus que levou a delegação até o estádio. Os jogadores tricolores se mostraram surpresos e agradeceram o apoio.

"A festa da torcida foi surreal. Não poderíamos deixar de retribuir dentro de campo. Felizmente conseguimos vencer para retribuir todo o apoio que recebemos" afirmou o autor do primeiro gol da equipe, Marcos Guilherme. Cueva marcou o segundo do time tricolor e Alison descontou para os santistas.

Diante de um público de 34.461 pessoas, a vitória fez o São Paulo chegar aos 40 pontos e se distanciar da zona de rebaixamento. O time se está muito próximo de alcançar a meta dos 47 pontos, alvo estabelecido pela comissão técnica para afastar de vez o fantasma do descenso.

Maestro da equipe neste segundo turno, o meia Hernanes foi um dos atletas mais surpresos com a festa da torcida. "É algo extraordinário o que a torcida tem feito durante esse período. Uma coisa inédita. Eu, particularmente, estava apreensivo. Toda as vez em que o torcedor teve uma manifestação além do que esperávamos, não conseguimos corresponder à expectativa", afirmou o jogador, que faz a segunda passagem pelo time do Morumbi.

O comandante Dorival Junior deixou evidente o papel da torcida na melhora da equipe. "O que nós vimos na nossa saída do centro de treinamento foi uma coisa que impressionou. E isso nos ajuda bastante, porque aos poucos a equipe vem encontrando o caminho", disse.

De olho na 32.ª rodada do Brasileirão, o São Paulo se reapresenta na tarde desta segunda-feira. O próximo adversário será o Atlético Goianiense, neste sábado, às 19 horas, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.