Gabriel pede volta de 'faísca' do primeiro turno para o Corinthians

Esportes

Gabriel pede volta de 'faísca' do primeiro turno para o Corinthians

Redação Folha Vitória

São Paulo - De volta ao time do Corinthians, após dois jogos de suspensão, o volante Gabriel foi um dos destaques do empate por 0 a 0 com o Grêmio, nesta quarta-feira, no Itaquerão. Assim como outros jogadores, ele também gostou do resultado, mas pediu que o time volte a demonstrar a vontade do primeiro turno do Brasileiro.

"Essa faísca que a equipe tinha durante toda a campanha tem que voltar. Você vê que a equipe batalhou e lutou e essa pegada que tem que existir, pois essa faísca ganha jogo. Hoje (quarta-feira) conseguimos manter a vantagem e diminuir a quantidade de jogos", comentou o jogador.

A dedicação do jogador fez com que ele tivesse que deixar a partida antes do término, por causa de cãibra e sua situação não preocupa para a partida contra o Botafogo, segunda-feira. "Foi um jogo parelho, de duas equipes que tentaram ir para o jogo. Sabíamos que não podíamos perder, pois seria algo muito ruim. O empate não foi um resultado para se lamentar, pela classificação e pelo que foi a partida", afirmou.

Por fim, o volante ainda comentou sobre a suspensão de dois jogos por gestos obscenos em direção a torcida do São Paulo. "A suspensão é coisa do passado. Fui penalizado e dei a cara na Justiça. Isso serve de aprendizado para mim. Sou jovem e tenho certeza que esse episódio serviu para eu amadurecer", afirma.