Esportes

Surpresa de Tite, Daniel Fuzato não jogou pelo Palmeiras e tem idade para Tóquio

O jogador tem 22 anos e defende a Roma, após iniciar a carreira nas divises de base do Palmeiras, embora nem tenha chegado a atuar no time profissional

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução / Instagram

O goleiro Daniel Fuzato é uma das novidades da seleção brasileira para os amistosos contra a Argentina e a Coreia do Sul. O jogador tem 22 anos e defende a Roma, após iniciar a carreira nas divises de base do Palmeiras, embora nem tenha chegado a atuar no time profissional.

No meio do ano passado, ele foi negociado pelo Palmeiras, que era comandado por Roger Machado. A visão da diretoria e da comissão técnica era de que ele não teria oportunidades, já que o time contava com Fernando Prass, Weverton e Jailson. Em seus últimos dias no clube, chegou a treinar em horários diferentes do restante do elenco.

A Roma comprou o jogador por 500 mil euros (R$ 2,2 milhões na época) e o Palmeiras manteve 20% de seus direitos econômicos. O curioso é que o clube italiano o contratou justamente pensando na saída de Alisson, titular da seleção e que foi para o Liverpool.

Ainda sem ter atuado pela Roma, Fuzato chegou com o objetivo de ser preparado para um dia assumir a vaga de titular. Atualmente, tem ficado no banco de reservas. Anteriormente, também foi convocado para defender a seleção brasileira olímpica.

OUTRAS NOVIDADES - Nas laterais, além de Emerson, Tite também resolveu apostar em Renan Lodi, que vem se destacando no Atlético de Madrid, sendo que ambos estiveram presentes em listas recentes de André Jardine para a seleção brasileira pré-olímpica. E Douglas Luiz, do Aston Villa e também com idade para participar de Tóquio-2020, se o Brasil se classificar aos Jogos Olímpicos, foi a principal novidade na relação de meio-campistas apresentada pelo treinador.

Pontos moeda