Atlético-MG goleia novamente o Flamengo e volta ao G4

Esportes

Atlético-MG goleia novamente o Flamengo e volta ao G4

Luan, duas vezes, Diego Tardelli e Dodô deram a vitória ao time da casa, que soma agora 61 pontos e voltou ao G4. A equipe carioca manteve os 47 pontos, mas caiu para a 10.ª posição

Redação Folha Vitória
Dodô marcou um dos gols da vitória do Atlético-MG Foto: Divulgação

Belo Horizonte - Apenas duas semanas após o confronto histórico válido pela semifinal da Copa do Brasil, Atlético Mineiro e Flamengo se reencontraram nesta quarta-feira, desta vez no estádio Independência, em Belo Horizonte, em partida válida pela 35.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mais uma vez, o clube mineiro dominou o adversário e goleou, agora por 4 a 0. Luan, duas vezes, Diego Tardelli e Dodô deram a vitória ao time da casa, que soma agora 61 pontos e voltou ao G4. A equipe carioca, sem maiores pretensões na competição, manteve os 47 pontos, mas caiu para a 10.ª posição.

Bem superior em campo, o Atlético imprimiu um forte ritmo de jogo desde o início, encurralando o Flamengo no campo de defesa. O time carioca deixava muitos espaços para a movimentação do adversário. Os espaços eram tantos que, logo aos 10 minutos, o lateral-esquerdo Douglas Santos avançou, sozinho, trouxe a bola para o meio e chutou forte. A bola explodiu no travessão de Paulo Victor e saiu pela linha de fundo. A jogada levantou a torcida atleticana no Independência.

Empurrado pelo torcedor, o time mineiro manteve a pressão e foi criando diversas oportunidades para abrir o marcador. O gol não demorou a sair. Aos 24 minutos, após cobrança de escanteio pela direita, a bola foi desviada na primeira trave e sobrou para Luan, livre, tocar para o fundo das redes. A bola ainda desviou no lateral-direito Léo Moura antes de entrar.

Atrás no marcador e desarrumado em campo, o Flamengo passou a errar ainda mais passes, entregar a posse de bola ao adversário e abrir espaços na sua defesa. Aos 43 minutos, aproveitando-se destes espaços, novamente o lateral-esquerdo Douglas Santos entrou na área pela esquerda, tentou o drible e foi derrubado. O árbitro paulista Flávio Rodrigues de Souza marcou pênalti. Diego Tardelli bateu forte, ampliou o marcador e foi para o intervalo com a vantagem de 2 a 0.

Na segunda etapa, o Atlético manteve o ritmo de jogo. O técnico Vanderlei Luxemburgo fez três substituições praticamente seguidas para tentar ajustar o time. Não adiantou. Aos 18 minutos, depois de grande jogada de Dátolo, o atacante Luan apareceu na área para fazer o seu segundo gol na partida, o terceiro alvinegro.

No lance do gol, Luan chocou-se na trave e deixou a partida para a entrada de Dodô. O jovem atacante nem bem pisou em campo e também deixou o seu gol. Aos 27 minutos, após troca de passes entre Diego Tardelli e Dátolo, a bola chegou a Dodô, que bateu entre as pernas de Paulo Victor para fazer 4 a 0 e dar números finais ao confronto.

Com a segunda goleada em dois jogos seguidos sobre o rival histórico, o torcedor atleticano deixou o estádio aos gritos de "o freguês voltou, o freguês voltou".

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 4 x 0 FLAMENGO

ATLÉTICO-MG - Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Dátolo (Eduardo) e Luan (Dodô); Diego Tardelli e Carlos (Marion). Técnico: Levir Culpi.

FLAMENGO - Paulo Victor; Léo Moura, Wallace, Marcelo e Anderson Pico (João Paulo); Márcio Araújo (Luís Antônio), Canteros, Lucas Mugni (Amaral) e Everton; Gabriel e Nixon. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS - Luan, aos 24, e Diego Tardelli (pênalti), aos 44 minutos do primeiro tempo; Luan, aos 18, e Dodô, aos 27 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Luan e Marcos Rocha (Atlético-MG).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

RENDA - R$ 322.375,00.

PÚBLICO - 10.123 pagantes.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).