• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Bayern bate Dortmund de virada e mantém folga no topo

Esportes

Bayern bate Dortmund de virada e mantém folga no topo

Munique - O Bayern de Munique sofreu, mas venceu o Borussia Dortmund por 2 a 1, de virada, neste sábado, no clássico que fechou o dia de confrontos no Campeonato Alemão. A vitória manteve a equipe comandada por Pep Guardiola folgada na ponta da competição, com 24 pontos, quatro à frente do Wolfsburg, que horas mais cedo se garantiu na vice-liderança ao golear o Stuttgart por 4 a 0, fora de casa.

Já o Borussia, que exibiu força diante do poderoso rival mesmo atravessando um péssimo momento, seguiu estacionado nos sete pontos, ocupando a 16ª e antepenúltima posição da tabela, encabeçando a zona de rebaixamento. Com a mesma pontuação, o Werder Bremen é o 17º. Já o lanterna Freiburg tem cinco pontos, mas poderá ultrapassar os dois times à sua frente se derrotar o Colônia, fora de casa, neste domingo.

Aos 30 minutos do primeiro tempo, Marco Reus abriu o placar para o Borussia no clássico, mas Robert Lewandowski, aos 27, e Arjen Robben, cobrando pênalti, aos 40 da etapa final, garantiram a virada para o time da casa, que se manteve invicto no Campeonato Alemão, agora com sete vitórias e três empates em dez partidas.

Atuando em casa, o Bayern partiu com tudo para cima do Borussia desde o início do primeiro tempo do jogo deste sábado. Porém, a equipe parava na boa atuação do goleiro Weidenfeller, que salvava a sua equipe de forma consecutiva até que, em um raro momento ofensivo, o time de Dortmund abriu o placar. Em rápido contra-ataque, Aubameyang tabelou com Kagawa e cruzou da direita para Reus, que entrou em velocidade pelo meio da área e desviou de cabeça no canto direito baixo de Manuel Neuer.

Na etapa final, o Borussia seguia sólido no setor defensivo, mas a muralha que parecia intransponível começou a ruir aos 27 minutos. Em rápida trama ofensiva, Ribery tentou acionar Robben pela esquerda e Subotic cortou parcialmente. Porém, Lewandowski aproveitou a sobra e finalizou de primeira de fora da área no canto esquerdo de Weidenfeller, que já estava adiantado após sair para cobrir o possível

passe que o atacante holandês poderia receber no lance anterior.

O zagueiro Subotic, por sinal, acabou amargando um clássico para esquecer. Ele havia substituído Hummels no intervalo e cometeu o pênalti que decretou a vitória do Bayern. Após perder disputa com Ribery, segurou e derrubou o francês dentro da área, impedi-lo de finalizar para o gol. Robben foi para a bola e bateu com tranquilidade no canto direito de Weidenfeller, que caiu para o outro lado.